Caretas…

A jornalista Renata Vasconcellos virou notícia…
Tudo por causa de suas caretas durante o intervalo do Jornal Nacional.
Na apresentação do telejornal mais tradicional do país, Renata mostrou a língua, fez gestos e brincou com alguém do estúdio enquanto o JN estava fora do ar. Um engraçadinho gravou tudo e disponibilizou o vídeo no Youtube.
Resultado? Mais de 70 mil pessoas já viram o vídeo.

A Renata Vasconcellos, além de ser belíssima, é uma grande jornalista.
Por conta disso, é justificável o interesse pelo vídeo.
Entretanto, não entendo a motivação de quem gravou e tornou público o “mico” da jornalista.
Tentativa de ridicularizá-la?
Mostrar a face brincalhona da Renata?
Não sei.
Sei apenas que nos bastidores de qualquer jornal acontecem todos os dias coisas engraçadas. Jornalistas são pessoas normais. Brincam, sorriem, falam bobagens, fazem cara feia, estressam-se, irritam-se, enfim, há uma outra história além daquela que é vista pelo público.

As pessoas sabem disso, embora não tenham a chance de ver.
Alguns filmes valorizam o making off e esses momentos, muitas vezes, são tão ou mais interessantes que a própria obra cinematográfica.
Contudo, não me parece justo invadir o ambiente de um estúdio de tevê e tornar pública imagens de uma situação reservada. O ambiente mais sério e formal faz parte de uma espécie de contrato virtual que existe entre o jornal e o público. Rompê-lo é tirar um pouco da aura inerente à jornalista e ao próprio programa.

Foto: Terra

Construindo uma imagem…

refleti aqui sobre o sucesso da estratégia de campanha do prefeito Gilberto Kassab.
E, depois de “surpreender” com a vitória no primeiro turno, o democrata abriu 17 pontos sobre a petista Marta Suplicy.
Kassab é a maior prova que um candidato quase desconhecido pode ganhar uma eleição…

Nosso louco jeito de viver…

Texto para o programete que faço para a Rede Novo Tempo:

Dia desses li uma reportagem sobre a luta de algumas pessoas contra o câncer. A temida doença está cada vez mais presente. Todos nós temos amigos ou parentes que já lutaram ou lutam contra o câncer. Felizmente, apesar de ser de difícil cura, os avanços da medicina têm garantido bons resultados no tratamento de alguns pacientes.

Mas, caro amigo, não tenho aqui a intenção de refletir sobre esta doença… Quero apenas compartilhar com você algo que tenho notado nas pessoas que conseguiram vencer o câncer.

Talvez você já tenha observado o mesmo que eu… Quem conseguiu vencer essa tão temida doença passa a ter uma vida totalmente diferente. A pessoa muda seu comportamento. Geralmente, deixa as preocupações de lado e vive cada momento intensamente.

Uma dessas pessoas que aprendeu que existe um outro jeito de viver é a atriz americana Kris Carr. Vítima de um tipo raro de câncer, a atriz disse recentemente a um repórter da revista Época: “o câncer te ensina a viver”.

Embora discorde dos princípios adotados pela atriz como modelo de vida, observo que outras pessoas que se livraram da doença tornaram-se verdadeiramente humanas. Deixaram de priorizar o trabalho, o dinheiro, a pressa e descobriram o valor da amizade, da família, da religião.

Sabe amigo, às vezes sinto medo disso tudo… Nosso modo de vida valoriza muitas coisas que deveriam ter menor valor… Ignoramos o grito de nossos filhos por atenção. Passamos meses sem gastar tempo com um amigo… Tudo porque temos pressa. Mas temos pressa pra fazer o quê? O que queremos conquistar? Aonde pretendemos chegar? Será que queremos reunir riquezas, bens, conforto, pra gozá-los no futuro, velhos, doentes?

É por isso que as vezes sinto medo… Tenho medo que Deus permita que doenças como o câncer tenham de atingir alguns de nós apenas para aprendermos a valorizar o que realmente tem valor.

Não estou aqui dizendo que, por nossa correria, Deus vai nos castigar. Não; não é essa minha intenção. Apenas quero dizer que em alguns momentos a vida nos prega algumas peças… Tudo para que percebamos que estamos jogando fora o nosso tempo, perdendo nossos filhos para o mundo, deixando de amar e ser amados.

As manchetes…

– Crise faz comércio frear contratações de Natal
O jornal O Diário de hoje destaca os reflexos da crise mundial na economia de Maringá. A reportagem lembra que um estudo da Acim previa a abertura de mais de mil vagas temporárias no comércio local – isto, antes dos efeitos da crise chegarem a Maringá. Agora a entidade já fala em 400 empregos.

– Bancários em greve por tempo indeterminado vai agravar crise
A manchete do Hoje Notícias também trata da crise econômica mundial. Mas aborda sob a perspectiva da greve dos bancários. Segundo a reportagem, a greve dos bancários iniciada nessa quarta-feira acontece num momento delicado para a economia. Os bancários pedem um aumento real de 5%, além da inflação de 7,15%, auxílio-creche de R$ 415, vale refeição de R$ 17,50, entre outros benefícios.

– Greve paralisa 22 agências bancárias
A manchete do Jornal do Povo ressalta a paralisação dos bancários. Levantamento aponta que cerca de 600 bancários paralisaram o atendimento e a maioria dos funcionários está concentrada na frente dos bancos fornecendo informações aos clientes e explicando à população os motivos da greve.

Umuarama Ilustrado
Traficante morto tinha três identidades

Folha de Londrina
Efeitos da crise chegam ao Paraná

Gazeta do Povo
Para conter a crise, bancos centrais do mundo cortam juros

Jornal do Brasil
Mais R$ 23 bi na economia

O Globo
BCs fazem corte mundial de juros em ação inédita

Valor Econômico
BC derruba dólar em meio a nervosismo e especulação

O Estado de S.Paulo
Dez BCs cortam juro; Brasil injeta R$ 23 bi no mercado

Folha de S.Paulo
BCs cortam taxas de juros; Brasil aumenta crédito e vende dólar