Culpada ou inocente?

Terça-feira. Ceilândia. Distrito Federal.
Um garoto de cinco anos apanha dos coleguinhas.
A professora é acusada de incentivar o crime.
Ela teria segurado os bracinhos do menino…
E incentivado que batessem no rosto da criança.

Filme de terror? Não.
A professora Elizabeth Barros, 26 anos, responde essa acusação.
O assunto foi manchete no Correio Braziliense esta semana.
Ela foi acusada de consentir com a agressão.

Hoje, a reportagem traz a versão da professora.
Ela disse estar assustada.
“A minha vida está um inferno”, declarou.

Elizabeth argumenta que o garoto tinha comportamentos violentos.
A família já tinha sido comunicada do risco de expulsão.
Embora pequeno, tinha agredido outros coleguinhas.

Na terça-feira, a história repetiu-se.
Desta vez, a professora teria tentado evitar.
Por isso, segurou o menino.
Mas, enquanto o segurava, ele debatia-se e, com as pernas, chutava os colegas.
Foi assim, segundo Elizabeth, que o rosto do menino ficou machucado.
Um deles teria o atingido.

Já em casa, o menino acusou a professora do consentimento na agressão.
O caso foi parar na Polícia.

E agora, quem está falando a verdade?
Cá com meus botões, posso estar errado, mas penso que é a professora.
O menino já tinha demonstrado comportamentos violentos.
Isto sempre acontece por falta de disciplina dos pais.
São pais que, quase sempre, acham beleza na agressividade das crianças.
E colocam os filhos contra os professores.

Sinceramente, penso que esta professora é vítima.
Vítima de uma família que está criando um reizinho, um ditador.
Vítima de uma família cega, que prefere crucificar a professora a reconhecer que o garoto carece de limites.
O problema é que Elizabeth Barros já virou manchete.
Jovem ainda, tem o nome esculhambado na notícia do jornal.
Se realmente for inocente, quem vai garantir sua reputação de volta?

PS- Creio que a professora errou. Não pelo que é acusada. Mas pela ausência de experiência e domínio de turma. Jovem, 26 anos, sete meses em sala de aula, não soube controlar a situação. Mas é pouco provável que tenha consentido e incentivado a agressão contra o menino.

Amizade atrapalha…

Valter Viana reconhece que amizade com colegas impediu combate efetivo aos cargos de confiança na Câmara. Segundo o vereador do PHS, os anos de trabalho junto aos parlamentares acaba resultando em amizade. Por isso, o vereador não se sente confortável em expor os colegas…

Este é o resumo da entrevista com Valter Viana hoje na CBN Maringá. Quanto à perda de votos na última eleição, Viana também admitiu que ter mudado de lado, de aliado do PT a aliado do prefeito Silvio Barros, pode ter confundido e criado insatisfação em seus eleitores.

Dinheiro para a casa própria…

A expectativa é que as linhas de crédico com recursos do FGTS sejam incrementados em 40%. Embora as instituições financeiras estejam segurando o crédito, pelo menos para o financiamento da casa própria vai ter mais dinheiro disponível em 2009. Neste ano, foram R$ 8,5 bilhões. Para o ano que vem serão R$ 11,84 bi. Também não há indicações de alterações na taxa de juros e nem nas regras dos contratos.

Homens identificam traição…

Um estudo apontou que os homens percebem com mais rapidez quando são traídos. Segundo os pesquisadores, eles são desconfiados e, mesmo quando não traídos, ficam de olho nas parceiras.

Qual a vantagem? Sei não. Prefiro mesmo é não ser traído… Identificar mais rápido faz pouca diferença.

As manchetes…

– Assalto em joalheria termina com 4 prisões
O jornal O Diário de hoje destaca a prisão de quatro assaltantes após o assalto a uma joalheria da Zona 4. O grupo, que estava armada, conseguiu levar R$ 30 mil. O veículo usado na fuga foi perseguido pela PM até chocar-se com outro, no Conjunto Requião. Trinta policiais militares participaram da operação de perseguição e busca aos assaltantes.

– Sanepar investe R$ 5 milhões para ampliar sistema de água e esgoto de Maringá
A manchete do Hoje Notícias trata da assinatura da ordem de serviço para investimentos em obras de ampliação do sistema de água e esgoto na cidade. As ordens de serviço foram assinadas ontem com a presença do governador em exercício, Orlando Pessuti.

– Vacinação contra febre aftosa no Paraná
A manchete do Jornal do Povo ressalta a campanha estadual de vacinação contra febre aftosa começa amanhã e vai até o dia 20. Durante esse período deve ser vacinado todo o rebanho de bovino e bubalinos do Estado.

Umuarama Ilustrado
Juiz manda prender testemunha em audiência

Folha de Londrina
Varejo cresce; autopeças reduzem produção

Gazeta do Povo
Indefinição do caso Belinati deve se arrastar até o fim de dezembro

Jornal do Brasil
BC aperta bancos em dia de trégua

O Globo
Paes reafirma promessas e anuncia choque de ordem

Valor Econômico
Governo reduz o superávit de 2009 para 3,8%

O Estado de S.Paulo
Governo admite economizar menos para aliviar crise

Folha de S.Paulo
Paes reafirma promessas e anuncia choque de ordem