Máfia do passe…

A CBN Maringá discutiu na manhã de hoje a venda ilegal de passes do transporte coletivo. Nas proximidades do terminal urbano, cambistas agem livremente e vendem a passagem, em média, trinta centavos mais baixo que o preço cobrado na catraca.

Esse problema se arrasta há anos. Já é considerado por alguns como a “máfia do passe”. Pouco tem sido feito para pôr fim à ilegalidade. De vez em quando, realiza-se uma ação de fiscalização. Quase sempre ineficaz.

Agora, a prefeitura anuncia que pode cercar o terminal urbano. É uma boa medida. Fica mais fácil para evitar a ação dos cambistas, já que eles dependem da proximidade com os ônibus. Afinal, o esquema funciona assim: vende a passagem, o comprador passa o cartão na catraca e o devolve ao cambista pela janela do ônibus. Sem a possibilidade de se aproximar do ônibus, a “máfia” perde a capacidade de agir.

PS- O único “senão” da medida é: sairá do papel?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s