Agredidos, ignorados pelo Estado

Estamos acostumados a ser agredidos pelo Estado. Tem coisas que achamos naturais. Estamos habituados a vê-la e seguir em frente, passivos. Um exemplo é o silêncio do poder público quando o assunto são as centenas de pessoas que vivem nas ruas. O discurso das autoridades de assistência social dos municípios, estados e país é sempre bonito. Mas pouco eficiente. Nas ruas, gente como nós vive em condições indignas. E nós permanecemos cegos.

Hoje, conheci um blog que traz um retrato da vida nas ruas. Mostra em imagens pessoas que deveriam ter um local para morar, assistência médica, comida na mesa, trabalho. Mas que vivem pelos cantos, dependendo do lixo, dormindo debaixo de marquises ou sobre os bancos das praças. Pena que o blog, semelhante a este post, serão ignorados pela maioria.

Um comentário em “Agredidos, ignorados pelo Estado

  1. Ficamos felizes de ler o seu parecer. Fique a vontade de postar as mazelas do “Senhor Estado” no blog.

    Um grande abraço Ronaldo.

    Zanin e Alê

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s