Jornalismo de prestação de serviço

O jornalismo de prestação de serviço está cada vez mais presente no noticiário nacional. Certos assuntos já não são exclusividade de programas matinais – tipo Ana Maria Braga, Hoje em Dia etc. Também ocupam espaço em jornais tradicionais das grandes emissoras.

Na edição desta quarta-feira de um deles está em destaque:

Saiba como escolher o sutiã ideal

É informação? Sim. É útil? Sim. É jornalismo? Sim. Mas jornalismo com todas as características trazidas pela pós-modernidade. Ou seja, o foco está nas necessidades do indivíduo; não na transformação social.

É fato que muita gente busca esse tipo de conteúdo. Há consumo. E não são informações descartáveis. Auxiliam as pessoas em suas escolhas, nos melhores serviços etc. Eu mesmo busco com frequência informações sobre produtos que pretendo comprar – um smartphone, um televisor etc. Porém, o que me preocupa é que, embora esse tipo de conteúdo seja necessário, tem faltado nos veículos de comunicação a informação relevante, com profundidade, que ajuda a esclarecer sobre os acontecimentos. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s