2010. Somos nós que construímos

Hoje é 31 de dezembro. Último dia de 2009. Vamos aqui evitar os clichês… Deixar de lado argumentos do tipo “este ano passou rápido demais”. Vamos pensar no que significa este momento… Refletir no que pode representar o início de um novo ano.

A primeira coisa que acho interessante pensar é que 2010 será apenas a continuidade de 2009, que foi a sequência de 2008, 2007, 2006… E assim por diante. O fato de encerrarmos um ano e iniciarmos outro só significa mudança se ela acontecer dentro de nós.

Hoje é quinta-feira. Amanhã é sexta. Hoje ainda é 2009. Amanhã será 2010. O que terá mudado? Apenas um dia no calendário. A diferença quem faz somos nós.

A passagem de ano é simbólica. Podemos tornar especiais os próximos dias do ano novo ou simplesmente repetir tudo que fizemos em 2009. A escolha é nossa.

Quando o relógio der meia-noite e os fogos explodirem no ar, poderemos viver mais do mesmo ou escrever uma nova história. O que faremos?

Se nossa atitude em relação a 2010 for positiva, poderemos construir um ano marcante, transformador – para nós e para as pessoas que nos cercam. Não é o ano que nos presenteia com coisas boas. Somos nós os responsáveis por fazer de 2010 um ano espetacular. Esperar que 2010 nos traga vitórias, abrindo mão de lutar por elas, é abdicar da oportunidade que nos é dada de experimentar a vida plenamente.

Então, decida hoje tornar significativa a virada do calendário. Dê a chance desse sentimento simbólico de mudança se concretizar em sua vida. Faça as melhores escolhas. Busque amar, amar intensamente, todos os dias… Sem preconceitos e sem fazer distinção de raça, cor, gênero ou personalidade. Ame, revele em palavras e reafirme em ações esse sentimento. Você vai notar que, quando o amor é verdadeiro, tudo fica mais fácil, o mundo parece mais colorido e nossos dias se tornam únicos.

Anúncios

Deputado questiona eficácia da Região Metropolitana

Segundo Wilson Quinteiro, a coordenação da RM precisa se envolver nos debates promovidos pelos municípios. Ele cita como exemplo o planejamento urbano de Maringá, discutido recentemente, que tem reflexos em Sarandi. Hoje a coordenação é apenas um escritório. Nada mais.

Em entrevista à CBN, o parlamentar falou sobre suas metas para 2010 e as primeiras impressões obtidas no trabalho realizado nas últimas semanas na Assembleia Legislativa.

Fora do ar, Quinteiro ressaltou que ainda não contratou um assessor de imprensa – diferente do que foi recentemente noticiado em alguns blogs.

As manchetes do dia

– Padre maringaense é nomeado bispo
O Diário destaca a nomeação do padre Edmar Peron. Ele é o primeiro pároco nascido e formado em Maringá a ser indicado bispo da igreja católica. A nomeação do Papa Bento XVI foi publicada ontem no órgão oficial do Vaticano. O maringaense vai auxiliar o cardeal dom Odílio Scherer na Arquidiocese de São Paulo.

– Silvio avalia 2009 como ano produtivo
O Jornal do Povo traz uma entrevista com o prefeito de Maringá, Silvio Barros. Ele falou sobre várias questões. Entra elas, o Parque do Ingá e a gripe A. Silvio salientou que 2009 foi um ano produtivo, espera que 2010 seja ainda melhor e revela que haverá mudanças no secretariado em função da saída de alguns que pretendem ser candidatos.

Veja aqui as demais manchetes.

Hossokawa admite candidatura em 2010

O presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa, esteve hoje na CBN. Ele falou sobre a economia de recursos no Legislativo. Destacou que a Câmara, se exigisse, teria direito de gastar R$ 18 milhões/ano. Ainda assim, fechou 2009 com despesas na ordem de R$ 9 milhões.

Mas ele falou outras coisas… Comentou, por exemplo, das disputas entre vereadores. E sustentou que os debates tornam as sessões mais interessantes. Na opinião dele, a população começou a se ausentar da Câmara quando as sessões perderam a “graça”.

Segundo ele, enquanto estiver à frente do Legislativo maringaense serão permitidas as discussões mais acaloradas.

Por fim, quando questionado sobre as eleições do próximo ano, deixou aberta a possibilidade de se candidatar a deputado. Comentou que tem convite, mas só vai decidir no ano que vem.

Entrevista com o presidente da Câmara de Maringá

Mais 1,5 milhão de planos de saúde

As operadoras de planos de saúde não podem reclamar. Apesar da crise, fecham o ano com o incremento de 1,5 milhão de novos planos. E a expectativa é que o setor cresça entre 5% e 6% em 2010.

PS- Em setembro, a Agência Nacional de Saúde Suplementar 41,9 milhões de beneficiários.

Piso regional do PR pode subir antes de maio

O governador Roberto Requião pode antecipar o aumento do salário mínimo regional. O piso, que é o maior do país, pode subir antes de maio – data prevista para o reajuste. O assunto deverá ser discutido na próxima semana na Escola de Governo. Vale lembrar que o mínimo nacional sobe já no próximo dia 1o. Vai para R$ 510. O piso regional varia de R$ 605 a R$ 629.