Muricy: decadente?

Talvez seja implicância minha, mas não simpatizo com gente que bate no peito e diz: “eu sou bom”. Não é uma questão de falsa modéstia. Penso que há outras formas de mostrar seu valor. A gente tem de se amar, mas não precisa “se achar”.

Por que digo isto? Por causa do técnico Muricy Ramalho. Gostei dele durante muito tempo enquanto esteve no São Paulo. Achava graça de seu jeito rabugento. Ele estava conquistando títulos para a equipe, os resultados estavam aparecendo e o “vizinho” dele, o técnico Vanderley Luxemburgo, é quem se prestava a esse tipo de auto elogio.

Entretanto, nos últimos tempos, Muricy parece ter piorado bastante. Como o Palmeiras não ganha – pior, perdeu um Brasileiro que tinha nas mãos e ficou fora da Libertadores -, o técnico anda distribuindo “coices” e se proclamando o “bom”.

A última foi na entrevista ao Globo Esporte. Muricy foi direto: ‘Eu sou bom pra caramba’. Já ouvi essa frase. Na boca do Luxemburgo. Hoje, ele é técnico do Atlético Mineiro e é considerado decadente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s