As revistas da semana

VEJA: – “A realidade mudou, e nós com ela”. A afirmação da ministra Dilma Rousseff é o destaque da revista nesta semana. A Veja trata da candidata do PT à presidência da República e dos radicais do PT. Reportagem especial mostra que o partido aceitou oficialmente a candidatura imposta por Lula. Resta saber o que Dilma aceitará do PT no caso de chegar à Presidência da República. Ainda na edição uma reportagem sobre vaidade na infância. Toda mulher que tem pendor para comprar roupas para si mesma simplesmente adora entupir de coisas lindas o armário das filhas desde o momento em que vêm ao mundo, e até antes.

ÉPOCA: – “Você acha que sou um poste?”. A revista Época também traz na capa a ministra Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à presidência da República. Em entrevista, Dilma desafia quem questiona suas credenciais, fala de sua experiência no governo, da influência de Lula e do PT, das plásticas, do câncer… e da expectativa de ser avó. Ainda na edição, ideal ou vaidade? A onda das mulheres que tiram a roupa por uma causa. Celulares, eles têm tantos recursos que estão entupindo a internet.

ISTO É: – A medicina da meditação. A técnica ganha espaço em instituições renomadas e prova ser eficaz contra um leque cada vez maior de doenças. Entre elas, a depressão, males cardíacos e até Aids. Confissões sexuais na tevê. Na era da superexposição, mulheres contam detalhes do que fazem na cama. Negociações secretas de Evita Perón. Livro revela os encontros reservados da ex-primeira-dama argentina com agentes soviéticos e mostra como a potência comunista apoiou a ditadura no país.

CARTA CAPITAL: – Atolado até o pescoço. O interino Paulo Octávio tenta ganhar tempo à frente do governo de Brasília, mas seu destino depende de Marcelo Toledo, um íntimo auxiliar que negocia a delação premiada. Ainda na edição, uma entrevista com a senadora Marina Silva. A presidenciável do PV rejeita a pecha de candidata de uma nota só.