Um pouco de nada

Às vezes navego pela rede em busca de assuntos que possam inspirar um post, um texto mais elaborado para o blog. Mas acho que meu olhar anda perdido. Tenho lido tanto sobre política, esporte, variedades, celebridades… Enfim, surpreendo-me frustrado por não me encontrar no que tenho visto nas páginas que geralmente visito. Talvez falte uma identificação real, algo que fale comigo e que mereça ser compartilhado.

Dia desses falava em sala com os alunos sobre banalização e saturação na mídia. Temos muita produção e pouco conteúdo. A lógica é muito simples: é preciso atualizar as notícias constantemente para manter o interesse do público. Costumo brincar, funciona como uma loja: se você passou naquela camisaria que sempre frequenta e encontrou na vitrine os mesmos produtos ali expostos 15 dias atrás, vai ficar decepcionado. É isso que a gente sente em relação à rede. Tem que estar atualizada. Você pode visitar um site 20 vezes por dia. Em todas, quer que os destaques sejam novos.

Sinto essa pressão por aqui. Pressão minha, é verdade. Não dos leitores. Ainda assim, quando esbarro na busca por assuntos fico um tanta angustiado. Mas afinal, quem consegue dar conta de todas as lutas interiores?

Um comentário em “Um pouco de nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s