Na segunda, uma música

O Skank surgiu no início da década de 1990. Considerada uma das melhores bandas do país, reúne sucessos variados – daqueles que grudam e é impossível não sair por aí cantando. O grupo é formado por Samuel Rosa (guitarra e voz), Henrique Portugal (teclados), Lelo Zaneti (baixo) e Haroldo Ferreti (bateria). O Skank transita bem por vários gêneros – do pop rock ao reggae.

Hoje compartilho aqui uma música da banda. De refrão fácil, repetitivo, “Te ver” é uma espécie de hino para aqueles que desejam dizer à pessoa amada…

Te ver e não te querer
É improvável, é impossível
Te ter e ter que esquecer
É insuportável
É dor incrível…

Música de Samuel Rosa, Lelo Zanetti e Chico Amaral, “Te ver” consegue algo impressionante: combinar frases simples, mas significativas para um coração apaixonado, com afirmações muito pouco, digamos românticas. Por exemplo, quando diz:

É como não morrer de raiva
Com a política

E tem outras que, tirando do contexto da música, também perdem qualquer aura de romantismo. Entretanto, na composição, tem efeito interessante e dão força ao refrão.

Bem, mas chega de conversa. Vamos à música.