As revistas da semana

VEJA: – A confissão da bruxa. “Eu chamei a menina de cachorra mesmo”. A procuradora Vera Lúcia Sant’Anna Gomes, acusada de torturar a menina que pretendia adotar, tenta justificar sua crueldade culpando a criança. Uma testemunha afirma que ela também batia na mãe. Como uma bruxa má, não demonstra nenhum arrependimento e sua lógica é a da desrazão. Ainda na edição, até que ponto a beleza influencia na política e as lan houses de garagem – como 32 milhões de brasileiros acessam a internet.

ÉPOCA: – Por que tudo é tão caro no Brasil? A reportagem comparou os preços em 13 países e descobriu os motivos: impostos, impostos e mais impostos. A Época traz uma reportagem especial com Craig Venter. O cientista americano conseguiu criar uma bactéria artificial. Por que isso abre possibilidades fantásticas para a humanidade – e riscos tão grandes que ainda não sabemos avaliar. Dinamarca, o país mais feliz do mundo. A Época mostra como a Dinamarca consegue dar um extraordinário grau de satisfação a seus cidadãos.

ISTO É: – O confronto dos “caras”. Como o presidente do Brasil assumiu o papel de “o cara” e entrou em conflito com os EUA ao mediar a crise com o Irã. O vice de US$ 2 bilhões. Guilherme Leal, dono da Natura, aceita compor a chapa de Marina Silva para provar que a defesa do meio ambiente não se opõe ao crescimento econômico. Os tesouros de Pelé. O rei abre seus arquivos e revela, em livro, documentos, fotos raras e até histórias de amores que marcaram sua vida.

CARTA CAPITAL: – Desafio ao Império. A missão de paz de Lula e Erdogan a Teerã é mais um capítulo do rearranjo do poder mundial. O acordo entre Irã, Turquia e Brasil é criticado pela mídia brasileira. O esforço do presidente Lula, pelo menos por aqui, não tem merecido o devido respeito. Ainda na edição, José Serra no Nordeste busca intercessão de Padim Ciço. A revista aponta que o candidato tucano começa a se desesperar com os resultados obtidos nas pesquisas eleitorais.

Anúncios