Vereador quer fiscalizar velocidade dos ônibus da TCCC

Já que tirei a manhã para elogiar… Preciso dizer que gostei do projeto do vereador Zebrão. Ele quer que os ônibus da TCCC tenham um dispositivo que permita ao usuário saber a velocidade do veículo – uma espécie de display. O passageiro teria a chance de identificar a velocidade do ônibus e denunciar os abusos.

A gente sabe que não são raros os motoristas do transporte coletivo que abusam da velocidade e trafegam acima do permitido nas vias. Também é possível observar, principalmente nos bairros, veículos da empresa avançando sinal.

A população percebe. Entretanto, normalmente não possui ferramentas de fácil acesso para reclamar. A proposta do vereador me parece uma boa resposta para essa demanda. Afinal, uma coisa é se ter a impressão que o ônibus está acima da velocidade permitida; outra é ter o registro ali diante dos olhos da infração.

Ah… o projeto foi retirado para ser melhor analisado. A gente só espera que a ideia não seja enterrada pelos parlamentares, mas sim aperfeiçoada.

Anúncios

Vagas de estacionamento em Maringá

A prefeitura quer estimular a criação de edifícios-garagem. A ideia é suprir a falta de vagas no centro de Maringá.

O que isso representa? Uma iniciativa do poder público estimulando a iniciativa privada a gerir os estacionamentos da cidade.

Pode não agradar a todos. Afinal, não temos o hábito de pagar para estacionar nossos veículos. Mas se trata de uma iniciativa necessária, fundamental.

A prefeitura tem duas alternativas: garante as vagas nas ruas e avenidas e prejudica a fluidez do trânsito ou elimina esses espaços nas laterais e canteiros das vias e permite o livre tráfego de veículos. Entendo que este é o papel do poder público.

Nas grandes cidades quem quer circular com seus veículos sabe que vai pagar pelo luxo. E geralmente não paga barato por isso.

Em Maringá, com o crescimento da frota não há outra alternativa. É preciso eliminar as vagas das laterais e canteiros (assunto este ainda pouco discutido) para melhorar o fluxo dos veículos. Como contrapartida, a melhor saída é mesmo estimular a iniciativa privada a explorar o serviço de estacionamento.

Vai nos custar mais? Sim. Mas é o preço que se tem de pagar pelo prazer de circular no conforto de nossos carros.

26/5: Notas do esporte

BRASILEIRÃO
Hoje tem clássicos pelo Brasileirão. São Paulo e Palmeiras, Flamengo e Fluminense movimentam o campeonato.

TABUS
O tricolor do Morumbi encara o tabu de ainda não ter vencido nenhum dos grandes rivais nesse ano. Já o Palmeiras está há 15 jogos sem vitória na casa do rival.

FLA X FLU
O Flamengo enfrenta o Fluminense sem o atacante Adriano. O imperador ainda tem contrato com o rubro-negro, mas já sumiu dos treinos.

AGENDA
Ainda hoje o Grêmio recebe o Avaí; o Santos encara o Guarani; o Corinthians pega o Grêmio Prudente.

SEGUNDONA
E ontem pela Série B, o Paraná Clube goleou o Duque de Caxias na casa do adversário. Cinco a um. O Coritiba venceu o primeiro jogo na segundona. O Coxa ganhou do Brasiliense por 2 a 1.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Cocamar e Corol decidem megafusão em junho
Cooperados definirão em uma série de assembleias, entre os dias 7 e 11 de junho, se concordam com a associação das cooperativas de Maringá e Rolândia. As duas cooperativas projetam que, juntas, terão um faturamento anual de R$ 3 bilhões.

HOJE NOTÍCIAS: – Permitido edifícios para estacionamento no centro
Edifícios exclusivos para estacionamento. Esta é a saída encontrada pela prefeitura para resolver a falta de vagas na área central de Maringá. O primeiro passo, a construção dos edifícios-garagem, foi dado ontem com a aprovação, pelos vereadores, do projeto de lei enviado pelo prefeito Silvio Barros, autorizando e regulamentando estas edificações.

JORNAL DO POVO: – Maringá disputa Dia do Desafio
Hoje, várias cidades do Brasil e do mundo, participam do Dia do Desafio. O evento é coordenado pelo Sesc e representa uma ação mundial de incentivo à pratica regular de atividades físicas em benefício da saúde e do bem-estar. A finalidade é que as pessoas interrompam as atividades rotineiras e pratiquem durante 15 minutos consecutivos qualquer atividade física. O evento é realizado anualmente em todo o mundo.