Boicote à Globo: quem vai mudar de canal?

Se o assunto é seleção brasileira e Copa do Mundo, somos todos apaixonados. Todos, é modo de falar. Nem todo mundo entra na onda. Mas veja que coisa curiosa… Essa paixão está criando fatos que vão além do futebol.

Quem diria que o “Cala Boca Galvão” iria parar na imprensa mundial? Virou um fenômeno nas redes sociais. E ganhou repercussão global.

Quem diria que o editorial da Globo contra o Dunga renderia uma campanha na internet para que os torcedores não assistam a transmissão da emissora?

E a coisa está aí… bombando. Já recebi emails, tweets… A mobilização é geral na rede. A onda é espalhar a ideia de que amanhã é dia de ver Brasil e Portugal noutro canal. Nada de Globo. É o boicote a emissora por causa do bendito editorial – e, claro – pela postura histórica do veículo entendida como arrogante.

A Globo perderá audiência amanhã? Não sei. Acho a onda muito mais virtual que real. Mas não dá para ignorar que a internet tem produzido fatos novos, surpreendentes. Se será capaz de impactar mudanças, pelo menos no curto e médio prazos, é outra história.

Anúncios

Beto Richa reconhece: aliança com Osmar Dias já virou “novela”

Em entrevista à CBN Maringá, o candidato ao governo do Paraná pelo PSDB falou sobre a disputa eleitoral, as alianças, revelou algumas de suas propostas e sustentou a importância do apoio de Ricardo Barros.

Beto disse não estar preocupado com a indefinição de Osmar. De verdade, pareceu achar graça da situação. Apontou que, quando deixou a prefeitura de Curitiba, saiu para disputar tendo em mente que o senador seria seu adversário na disputa pelo governo. Então, não terá problemas em não contar com apoio dele.

O tucano esteve na CBN acompanhado do candidato ao Senado, Ricardo Barros

O tucano comentou que não tem pressa para definir o vice e nem o segundo nome que vai disputar o Senado pela coligação. E sustentou que quem vai dar a palavra final sobre a coligação é ele mesmo.

Beto Richa também tratou do pedágio nas estradas no Paraná. Disse que vai negociar as tarifas a fim de reduzi-las. “Não vamos politizar o debate sobre os pedágios no Paraná e nem fazer demagogia”.

Eficiência
Ele prometeu estabelecer uma nova política para manutenção dos secretários em seus cargos. Será por méritos. Cada um deles terá metas estabelecidas. Se não cumpridas, perde a função. Ou seja, estará fora do governo.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Maringaenses financiam e emprestam R$ 1,79 bilhão
O Banco Central informa que o saldo de financiamentos e empréstimos nas 52 agências bancárias da cidade, em maio, era 12% superior ao de 2009. É como se cada habitante devesse R$ 5,3 mil. Cartão de crédito e cheque especial apresentam volumes maiores.

HOJE NOTÍCIAS: – Governo libera mais R$ 32 mi para Contorno
Este valor havia sido solicitado em agosto do ano passado com expectativa de liberação até dezembro. Atualmente, foi concluída 75% da obra. O dinheiro será aplicado na realização de obras complementares, como muros de contenção de corte, rebaixamento da via por onde devem ser construídos outros viadutos, entre outras.

JORNAL DO POVO: – Saúde pede mais vacinas contra gripe suína
A Secretaria de Saúde trabalha para ampliar a cobertura da vacina contra a Gripe A, que já imunizou quase 70% da população do município. Até ontem a Secretaria já havia vacinado mais de 253 mil pessoas. No início da semana, o secretário Antonio Carlos Nardi solicitou à Secretaria de Estado de Saúde mais doses da vacina.