Sanepar: o que é bom pode ficar melhor

Tenho poucos elementos para avaliar a proposta de municipalização do serviço de água e esgoto de Maringá. Hoje, a Sanepar é quem presta esse serviço. O contrato, porém, vence na próxima sexta-feira, dia 27. Pelo menos, esta é a data caso se confirme a não validade do aditivo de contrato com a companhia.

Cá com meus botões, entendo como fundamental a discussão sobre a renovação do contrato com a Sanepar. Porém, pelo menos até que me convençam do contrário, esta é minha posição: que as bases do contrato sejam discutidas com a empresa estatal. Não vejo justificativa alguma para o município assumir o serviço.

É verdade que, se a prefeitura gerenciasse o serviço, o lucro obtido pela Sanepar ficaria no próprio caixa do município e poderia ser revertido em benefícios ainda maiores para a população maringaense. Entretanto, não acredito que o município consiga cuidar desse setor melhor que a empresa estatal. Além de ter muito mais experiência, a companhia também é pública – logo, é de todos nós.

Posso estar errado, mas não acredito que o maringaense será beneficiado com a municipalização. Uma rápida pesquisa no Google revela que não são raros os problemas, as reclamações sobre a qualidade dos serviços prestados em cidades onde água é esgoto são administrados pelas prefeituras.

Por isso, acredito que, com um pouco de boa vontade e disposição para o diálogo a fim de tratar de um novo contrato, o que já é bom (o serviço prestado pela Sanepar) pode ficar melhor e toda a cidade sairá ganhando.

Anúncios

Notas do esporte

INCRÍVEL?
O Palmeiras surpreendeu a própria torcida e eliminou o Vitória da Copa Sul-Americana. Depois de ter perdido o jogo de ida por 2 a 0, o verdão fez ontem 3 a 0 no time baiano e garantiu vaga na próxima fase.

PRESENTE
A noite não foi de presente apenas para a torcida. O goleiro Marcos chegou aos 500 jogos com a camisa do Palmeiras.

DIGA QUE FICO
Outra torcida brasileira está comemorando. É a do Santos. O jovem atacante Neymar anunciou ontem que vai permanecer na Vila Belmiro, apesar das ofertas milionárias de times da Europa.

BRASILEIRÃO
E amanhã começa mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Três jogos abrem a décima quinta rodada. Botafogo e Avaí; Goiás e Grêmio Prudente; Ceará e Grêmio.

MAIS JOGOS
No domingo, o Atlético Paranaense recebe o Flamengo. O Furacão precisa vencer para sair da zona de rebaixamento.

CLÁSSICO NO RIO
O líder Fluminense disputa clássico com o Vasco. A partida será disputada no Maracanã.

CLÁSSICO EM SP
Em São Paulo, o tricolor do Morumbi quer voltar a vencer o Corinthians. O atacante Ricardo Oliveira vê no jogo uma oportunidade para o São Paulo embalar no Brasileirão.

E AINDA
Ainda domingo tem o campeão da Libertadores, o Internacional, contra o Atlético Goianiense; o Guarani enfrenta o Palmeiras; o Santos tem jogo contra o Atlético Mineiro; e o Cruzeiro recebe o Vitória.

SEGUNDONA
Na Série B, nesse sábado, o líder Coritiba pega o vice-lanterna, o Ipatinga. O jogo será no estádio do time mineiro.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Prefeitura ignora visita do governador
O prefeito estava viajando e nenhum representante do Executivo foi ao ato de assinatura de contratos para obras de saneamento em 13 bairros da cidade, no valor de R$ 3,8 milhões. A decisão do município de retomar e licitar os serviços de água e esgoto estremeceu a relação.

HOJE NOTÍCIAS: – Pessuti garante que concessão será mantida
O contrato com a Sanepar vence no dia 27; o governador liberou ontem R$ 3,85 milhões, que serão utilizados para ampliar a rede de água e esgoto. O aumento na rede vai garantir cobertura de 96% de rede em Maringá.

JORNAL DO POVO: – Pessuti não discute concessão da Sanepar
O Jornal do Povo também trata do fim do contrato da Sanepar com o município de Maringá.