Vontade de socar o computador

Li há pouco:

25% dos usuários já socaram o computador

Eu o socaria todos os dias. Aquela bendita ampulheta irrita profundamente. Além disso, uma das maquinhas que uso é um atraso de vida. São dez minutos só para ligar.

A coisa fica ainda mais complicada por gostar de trabalhar com várias abas abertas na internet, mais msn e gtalk, além de arquivos do word, editor de audio etc. O “coleguinha” aqui merecia pelos menos uns tapas todos os dias.

Para reduzir a tensão, há uns três meses, trabalho com dois computadores ligados ao mesmo tempo. Não sei ajuda muito. Mas pelo menos exijo menos das máquinas.

Anúncios

José Serra diz que quebra de sigilo fiscal da filha foi “armação”

A quebra do sigilo fiscal da filha de José Serra foi um dos assuntos abordados no programa eleitoral tucano dessa quinta-feira. O candidato do PSDB tratou no tema e apontou que o fato foi uma “armação” de gente ligada ao governo Lula e à candidata Dilma Rousseff.

A petista não respondeu os ataques do adversário. O programa foi usado para apresentar propostas e mostrar as conquistas do atual governo. Porém, embora o assunto não tenha sido tratado na propaganda de Dilma, o PT vai à Justiça pedir que os tucanos sejam punidos por acusarem a candidata, no horário eleitoral, da violação do sigilo fiscal de Verônica Serra.

Equipes completas do Saúde da Família

Hoje pela manhã, ficamos sabendo que nessa quarta-feira, dia 1º de setembro, o Programa Saúde da Família finalmente fechou as equipes. A informação foi dada pelo secretário de Saúde de Maringá, Antonio Carlos Nardi, em entrevista à CBN.

Para se ter uma idéia, não lembro na história do PSF em Maringá de ter as equipes completas. São 64, mas sempre oito, dez equipes não contavam com médico ou outro profissional.

Ontem, todas as equipes foram fechadas conforme a previsão do programa. Todas agora têm um médico responsável, além dos demais profissionais que devem compor as equipes.

É, sem dúvida alguma, uma ótima notícia no setor de saúde.

Ah… também fizemos as contas. Nos próximos 12 meses, 13 obras da saúde pública serão inauguradas em Maringá. Vão desde as UPA’s das zonas Sul e Norte até novos postos de saúde de bairros e ainda dos distritos de Iguatemi e Floriano. E não está nessa conta a ampliação do Hospital Municipal.

Mutirão da saúde em Maringá

Mutirão pode acabar com fila de espera por consultas e exames especializados em um ano. A expectativa é do secretário de Saúde de Maringá, Antonio Carlos Nardi. Segundo ele, os R$ 3,5 milhões economizados pela Câmara de Vereadores serão suficientes para comprar cerca de 22 mil procedimentos. Há uma fila de espera de aproximadamente 26 mil. A diferença seria coberta com recursos do próprio município. O desafio agora, conforme Nardi, é comprar essas consultas e exames, já que nem todos profissionais de saúde têm interesse em prestar serviços para o poder público.

Notas do esporte

MAIS UM EMPATE
O Fluminense empatou de novo no Brasileirão. O líder do campeonato esbarrou no Palmeiras, que acabou arrancando um empate no Maracanã. Um a um foi o placar do jogo.

DESCENDO
O Flamengo segue em queda livre na tabela. O atual campeão perdeu ontem para o Cruzeiro por 1 a 0.

SUBINDO
O Atlético Paranaense segue em ascensão no campeonato. O Furacão venceu o Ceará por 2 a 1, jogando na Arena da Baixada. O Atlético já é o oitavo na classificação.

OUTROS JOGOS
O Grêmio venceu o Guarani por 1 a 0. Este também foi o placar de Botafogo e Grêmio Prudente. O time carioca voltou ao G4.

TAMBÉM
O Atlético Mineiro fez 3 a 1 no Goiás. Já Vitória e Internacional empataram sem gols.

AGENDA
E hoje o Santos recebe o Avaí. O São Paulo pega o Atlético Goianiense.

As manchetes dos jornais de Maringá

O DIÁRIO: – Área queimada em agosto supera a de 2009 todo
A cidade enfrenta o maior número de queimadas dos últimos quatro anos e, segundo os bombeiros, a maioria dos 111 focos registrados no mês passado foi proposital. Atear fogo na vegetação é crime, mas ninguém foi preso ou multado.

JORNAL DO POVO: – Maringá agiliza estudos do trem de passageiros
Coordenadores do projeto “Trem Pé Vermelho”, que ligará as cidades de Ibiporã e Paiçandu, passando por Maringá, estiveram reunidos ontem na Acim para definir os procedimentos da pesquisa de campo que começa ser realizada no dia 24 deste mês.

HOJE NOTÍCIAS: Não recebemos a edição de hoje