Nunca é fácil lidar com o ciúme

Um dos sentimentos mais corrosivos é o ciúme. Não importa se num relacionamento amoroso, ou entre pais e filhos, amigos, companheiros de trabalho etc. O ciúme machuca, entristece e até afasta.

Nem sempre há motivos para o ciúme. Muitas vezes, é irracional, injustificado. Outras tantas até têm um certo sentido de ser. A outra pessoa da relação pode contribuir no despertar desse sentimento.

Com ou sem razão de ser, nunca é fácil lidar com o ciúme. E para nenhuma das partes. Quem vivencia essa realidade diária precisa, primeiro, reconhecer que tem um problema a ser resolvido. Se a origem do ciúme está na maneira como tem se constituído o relacionamento, no jeito, na atitude de uma das partes, o melhor é dialogar, tentar chegarem a um denominador comum para não se ferirem, não se magoarem.

Se não há motivo, conversar também é fundamental. Entretanto, buscar ajuda profissional pode ser a melhor alternativa para reencontrar o equilíbrio, a paz interior e preservar o próprio relacionamento. Nessas horas, a compreensão de quem é o alvo do ciúme é necessária; ser tolerante, tentar ajudar e nunca promover o confronto.

Outro aspecto que deve ser considerado, principalmente entre casais, são as atitudes – ainda que pequenas – que acabam provocando o ciúme. Como disse, às vezes, o ciúme é justificado. Nem sempre há intenção de trair. Mas, por brincadeira ou vontade de "mexer" com o outro, comporta-se de um jeito que irrita e fere. Isso nunca vai fazer bem; numa relação, não vai acabar bem.

A máxima do "quem ama, cuida" vale também para o ciúme. Quem ama, evita provocar o ciúme. E também se cuida para não tornar as crises de ciúme frequentes fazendo da relação um inferno, levando-a a ser um fardo para ambas as partes.

5 comentários em “Nunca é fácil lidar com o ciúme

  1. Me sinto mt mal …sofro por ciume e desconfiancs ..mas ele me da motivos …nao sei o qe fazer meu casamento ja comecou errado e …sofro a cada dia com isso …

    Curtir

  2. Fui casada com um adventista durante 20 anos por quem botava a mão no fogo..até q houve a traição. depois disso nunca mais consegui confiar em ninguém. Sei que cada pessoa é única, mas depois dessa rasteira,nem eu quero voltar a confiar em ninguém prá não correr o risco de levar outra.E o pior: saiu falando prá todo mundo que a traidora da historia fui eu…q o traí pela interrnet, até hoje tem irmãos na igreja q não olham na minha cara.

    Curtir

  3. Sou casada, a pouco tempo. Sou insegura, tenho desconfiança, ciumes (moderado). Busco o equilíbrio (paz interior)… Meu esposo sempre busca não me dar motivos. Quando acontece algo que não gosto, conversamos e ele tenta não fazer mais. No entanto minha inquietação interna é fruto de observar traições e mentiras no laço familiar (parentes) e entre os relacionamentos amorosos dos meus amigos. Infelizmente esta marca esta em minhas lembranças, por acha que pode acontecer ou esta acontecendo comigo tenho desconfiança, etc.

    Curtir

  4. Bati na minha namorada e agora?
    Eu tenho 17 anos, namoro com uma menina de 15, faz 2 anos que estou junto com ela, tipo eu sempre fui tranquilo e nunca discutimos nem nada, nossa relação era muito boa só que ontem numa praça por um motivo besta (ciúmes) nós acabamos brigando feio, ela tava olhando pra outro cara eu fiquei com muita raiva na hora aí eu peguei forte no braço dela e disse q eu era o namorado ela começo a chorar dizendo que eu tava machucando ela, nós começamos a discutir feio , eu perdi a cabeça e dei tapa e um soco nela, ainda bem que uma pessoa viu e chamou um policial pra me acalmar isso foi até bom porque eu estava com muito ódio naquele momento e poderia ser pior, mas hoje eu liguei pra ela, pedi desculpas e ela me perdoou, me arrependo do que eu fiz mas eu queria controlar meus ciúmes, como posso fazer? E de repente no outro dia de manhã eu me encontrei com ela no colégio, eu estava muito feliz e sorridente em encontrá-la, mas ela estava estranha e de óculos, eu cheguei nela e dei “oi”, mas ela estava com a cara amarrada, não falou comigo e acelerou o passo. Eu não entendi o porque, mas eu insisti, alcancei ela e tentei falar com ela, pedi pra ela tirar os óculos, mas ela não estava nem aí, muito menos me ouviu! Será que ela ainda estava bolada comigo por causa de ontem? Ela tinha me perdoado e nós tínhamos ficado de boa depois daquilo, foi no calor do momento, mas não teve jeito. Na hora do recreio, mais uma vez eu tentei falar com ela, ela estava sentada no banco, eu perguntei por que ela não está falando comigo, aí ela se afastou de mim rapidamente, não respondeu nada, foi na frente de todo mundo, todo mundo estava olhando percebendo que alguma coisa estava acontecendo, aí eu peguei ela pelo braço pra parar ela, pra ela falar comigo, foi aí que eu me assustei com a reação dela e todo mundo se assustou tbm, todos viram, ela me deu um aviso de forma bem clara e séria que se eu encostasse um dedo nela, ela iria chamar a polícia e foi embora muito nervosa. Eu fiquei branco feito cera e não entendi nada. Poxa, eu só queria conversar com ela numa boa, agora ela quer distância de mim e o que todo mundo aqui vai pensar que eu sou um bandido, um covarde ou até um estranho? Eu quero muito continuar o namoro firme e numa boa. Me ajude o que fazer, meu Deus

    Curtir

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s