Corrigir o passado? Nunca. O foco é sempre o presente e o futuro

viver_bem

Um dos textos que escrevi (veja o post) e que gosto bastante fala sobre nossas escolhas. Acho fundamental pensar o que significa cada uma delas. Por isso, ao esbarrar numa coluna da Martha Mendonça, acabei desenvolvendo a discussão que trago aqui.

O texto da Martha trazia como chamada:

– Se você pudesse voltar no tempo, mudaria alguma coisa ou viveria tudo de novo?

O texto está aqui, pertinho… numa das abas do navegador. Porém, só vou ler depois. Primeiro, preciso refletir sozinho – ou melhor, falar alto, compartilhando com os amigos leitores.

A pergunta da Martha intriga. Tudo bem, é uma pergunta que você já deve ter ouvido. Ou ter feito pra você mesmo. Todos temos momentos de auto-avaliação. Impossível não se questionar: desperdicei meu tempo? Faria diferente?

No post anterior, terminei com os seguintes argumentos:

A vida é assim. Feita de escolhas. Todas permanentes. Nunca será possível voltar atrás. Quando erramos, o jeito é seguir em frente, encontrar um novo caminho. (…) É preciso olhar adiante – ainda que haja arrependimentos e culpas. É assim com todos nós. O que nos diferencia é a capacidade de lidar com as consequências de nossas escolhas, reconhecendo que não vamos acertar sempre. E que os erros são oportunidades de construirmos um amanhã melhor.

Logo, quando a Martha pergunta: “se você tivesse a chance de voltar atrás, mudaria alguma coisa?”, acredito que todos nós vamos encontrar deslizes em nossa trajetória. Situações que – hoje, com a experiência que temos – seriam evitadas.

Acontece que, lá atrás, quando fizemos nossas escolhas, achávamos que era o melhor. Ninguém escolhe o pior.

Fazemos as bobagens que fazemos porque entendemos que valiam ou valem a pena.

O que está por vir pode ser projetado, idealizado, mas pertence ao universo do imaginário. Só depois de embarcarmos em nossas escolhas é que vamos vivê-las. Com os acertos e erros decorrentes da construção diária que é nossa própria existência.

Por isso, parece-me que o melhor da vida é mesmo o conhecimento que adquirimos nessa jornada incrível que é a vida. Se mudássemos o que já vivemos, que garantias teríamos de que o presente seria melhor? O que teríamos aprendido?

Creio que nada é perdido. Nem as experiências mais desastrosas.

Dia desses encontrei uma educadora. Ela tem 60 anos. Num desses papos existenciais, ela confessou:

– Estou na minha melhor fase. Não trocaria a vida que tenho por nenhuma outra.

Ela comentou que foram os pecados cometidos ao longo de seus 60 anos que garantiram a sabedoria que hoje tem para saber aproveitar o que a vida tem de melhor.

Esse é o segredo: aprender. Aprender sempre. Principalmente com nossos erros.

Se tivéssemos a chance de mudar algo no nosso passado deixaríamos de ser quem somos. Que graça teria?

E para aqueles que não gostam do que são, fica a dica: a vida segue. O que somos hoje não precisa ser o que seremos amanhã. Sempre há tempo de mudar. Não no passado, que já não nos pertence; mas no futuro, que ainda está por vir.

PS- Veja aqui a coluna da Martha.

Anúncios

3 comentários em “Corrigir o passado? Nunca. O foco é sempre o presente e o futuro

  1. Muito bom! Ronaldo, sensibilidade é saber que a trajetória da vida tem curso determinado por nós, mudá-lo é aprender a seguir, ir em frente, se mais que o dia de hoje, ir além de nossas escolhas.
    Seu talento com o texto é óbvio, sua capacidade de reflexão está além das palavras na pessoa que você é, nas suas escolhas.
    Parabéns!

  2. E para aqueles que não gostam do que são, fica a dica: a vida segue. O que somos hoje não precisa ser o que seremos amanhã. Sempre há tempo de mudar. Não no passado, que já não nos pertence; mas no futuro, que ainda está por vir…adorei prof!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s