Na segunda, uma música

Rita Lee anunciou que deixará os palcos. Não resiste mais. Sua condição física impede que continue fazendo shows. A cantora continuará gravando, disse. Entretanto, não dá mais conta de se apresentar ao vivo.

Já lembrei dela por aqui numa outra segunda-feira. Entretanto, é impossível passar por essa notícia sem ressaltar o valor de Rita Lee para a música brasileira. Poucos conseguiram construir uma carreira tão sólida.

Quantos artistas – em especial, mulheres – têm carreira consistente há 40 anos?

Rita tem 64 anos (pelo menos, segundo a data oficial de seu nascimento). A “Rainha do Rock Brasileiro” começou na banda Mutantes em meados da década de 1960. No início dos anos 1970, gravou os primeiros discos da carreira solo. Desde então, são dezenas de álbuns, muitas músicas de sucesso (daquelas sem prazo de validade) e mais de 60 milhões de discos vendidos.

Por isso, é difícil escolher uma única canção para resumir Rita Lee. Mas… vamos lá. Hoje, compartilho uma de suas músicas que não fazem parte daquela lista que lembramos “de primeira”. Para os caríssimos amigos e leitores, “Coisas da vida”.