Apenas uma moradora de rua?

Fotos feitas na manhã desta quinta-feira, 2 de fevereiro


Uma mulher no chão… Deitada sobre a grama. Não, não é uma cena romântica. Não é de filme. Nem de novela. É alguém que dorme nas ruas. Vive nas ruas. Deve ter uma história. Mas não a conhecemos. Não sabemos quem é essa mulher.

Nós a tratamos com um intruso. Alguém que incomoda. Passamos ao largo. Ela é suja, é malcheirosa. Tentamos ignorá-la. Fingir que não vemos. Mas ela não é única. Há outras dezenas de pessoas que vivem na mesma situação. Não apenas em Maringá. Em outras cidades do Brasil. Do mundo. Fazem parte de uma realidade que nós, supostamente normais, não queremos ver.

Já disse aqui, não sou uma das pessoas mais sensíveis do mundo. Entretanto, quando vejo uma cena dessas sempre me pego imaginando o que motivou a vida nas ruas. Teriam faltado oportunidades? Seria um problema mental? Uma doença? Abandono? Qual a história de vida dessa pessoa?

Sei apenas que, semelhante a nós, esse “ninguém” que hoje vive nas ruas um dia foi um bebê… Desejado ou não. Porém, inconsciente do que a vida lhe reservava. Por situações que desconhecemos, restou a exclusão do convívio social, uma vida marginal, de futuro incerto.

2 comentários em “Apenas uma moradora de rua?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s