Prefeitos reclamam de salário dos professores; deveriam se envergonhar

Cerca de 700 prefeitos em Brasília. E por um motivo: o novo salário dos professores. Eles estavam lá, mas não para aplaudir o ministro da Educação, não para dizer que o reconhecimento aos educadores vem em hora oportunidade. Não, não era para isso. Foram à capital federal para reclamar, alegar que não poderão pagar os R$ 1.451,00. Sustentam que o salário dos professores vai “quebrar” as prefeituras.

Detalhe, essa será a remuneração dos professores que trabalham 40 horas por semana.

Os prefeitos deveriam se envergonhar. Os R$ 1.451,00 representam um salário miserável. Esse valor está longe de reconhecer o trabalho dos educadores. Muito longe do ideal. Em especial, porque todo prefeito, atualmente, se elege sustentando o discurso de que educação é prioridade. Prioridade onde? Porque quem reclama dessa remuneração nunca priorizou o ensino.

Boa educação é feita por bons professores. E nunca teremos bons professores se continuarmos pagando essa merreca.

O que torna a situação ainda mais revoltante é o fato de que, em 2013, teremos mais 7 mil vereadores no país. Sim, muitas cidades aproveitaram-se do que diz a lei e ampliaram o número de cadeiras nos legislativos municipais. E certamente não vão ganhar R$ 1.451,00.

Os prefeitos foram a Brasília, reclamaram do novo salário e ainda pediram que o Ministério da Educação mude a base de cálculo dos reajustes. Esse último aumento foi 22%. Os gestores municipais pedem que o cálculo seja apenas pelo IPC – a inflação do período. Ou seja, os professores não merecem nada além da inflação.

Hoje, ouvi um comentário de Alexandre Garcia sobre o assunto. Ele foi direto: “prefeito, pague o salário do professor. Economize controlando a corrupção, reduzindo os comissionados… A educação é a solução para tudo”.

É isso mesmo. É o professor que constrói o futuro. Entretanto, atualmente, quem se anima escolher a docência? Alguns poucos. Faltam professores. E isso acontece porque segmentos que sequer exigem formação profissional remuneram melhor seus trabalhadores.

Prefeitos, governadores – gestores em geral – que reclamam de um salário de R$ 1.451,00 para o professor são amigos do atraso, gente que valoriza a ignorância e desconhece o real valor do ensino.

PS- O salário inicial de um professor em Maringá, por 40 horas, é R$ 1.911, 03.

Anúncios

5 comentários em “Prefeitos reclamam de salário dos professores; deveriam se envergonhar

  1. Olá Ronaldo… infelizmente sofrendo uma crise de apagão. Apagão político. Nossos representantes, em todas as esferas, tenho a impressão, não estão nem aí conosco. E talvez seja porque nós não estejamos nem aí com eles. Vamos “levando”, sempre… a cada eleição…

    Veja o que ocorre no momento com o ensino superior paranaense. O governo faz proposta de aumento, retira a proposta pouco tempo depois, dá aumento aos comissionados – inclusive reitores – e corta verbas fundamentais das universidades. E os professores, o que fazem? Paralisação… É um começo de mobilização, mas será que não deveria haver um “choque de educação” para pressionar?

    Sei lá… o mundo está do avesso…

  2. Mais não é revoltante isso… Me indigno a cada ato do executivo e do legislativo. Trabalho em órgão público e fico revoltada com os políticos do nosso país. Assisto todos os dias às barbaridades ditas e realizadas pelo poder público. Os interesses pessoais sempre se sobrepondo ao do coletivo. Um jogo sujo onde levar vantagem é sempre a palavra de ordem, pouco importa os outros, o que interessa é o bolso, os votos e a politicagem. E olha que nem precisa ter segundo grau para ser político, deve ser por isso!

  3. Oi Ronaldo nao sou professor mas minha filha escolheu a Docência!!!!!!!!!!!
    Estou muito orgulhosa dela …inclusive amanhã, 02/03 sera a formatura dela …
    Realmente as pessoas ate descriminam , quando minha filha escolheu a area de pedagogia muitos amigos e parentes disseram tadinha esta so vai sofrer , professor e mal pago profissão sem futuro afff mas ela nao desanimou nao abraçou o sonho dela.. kkkk e ta ai ja concursada por uma prefeitura com este grande salario de 1.45l,00 Bruto , Vamos em frente fé a gente tem.bjos

  4. Ronaldo, sei exatamente do que está falando. Mas sou obrigada a dizer que sempre foi assim, o professor sempre ganhou mal, desde sempre. A diferença é o desrespeito que encontramos hoje nas escolas e salas de aula, antes isso não acontecia. Por isso que está cada vez mais difícil encontrar professores. Nós não queremos nos sujeitar a ser humilhados na prática de nossa profissão e ainda receber um salário miserável, como você mesmo disse. Muitos professores estão migrando pra outras áreas. E tem mais, a tendência é piorar. Se chegar um tempo que o Ensino for só pela internet, não se surpreenda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s