É tudo que uma mulher quer do seu homem

Para nós, homens, entender as mulheres nunca será tarefa fácil. Somos previsíveis, lógicos. Elas combinam emoção e razão, vivem a realidade e a fantasia, a alegria e a tristeza e tantos outros sentimentos em combinações múltiplas e sempre surpreendentes. Por mais que nos dediquemos, nunca saberemos o que elas dirão.

Uma tarefa divertida e, por vezes, enlouquecedora é acompanhá-las às compras. Particularmente, gosto disso. Mas confesso que nem sempre me dou bem. É natural. Se estamos juntos, podemos ser consultados. E está aí uma coisa que precisamos entender: ela deve sentir-se levada a sério; porém, temos que ter graça e humor para encarar as decisões delas.

Vou ilustrar… Imagine-se acompanhando sua garota na compra de uma bolsa. Ela olha uma, duas, três… dezenas. Está indecisa. Olha pra você e dispara:

– Você gostou dessa?

Caríssimo, você não tem muita escolha. Precisa posicionar-se. E mostrar interesse. No entanto, não há garantia alguma que as coisas vão ficar boas pro seu lado. Se for sincero e responder:

– Não, amor. Não gostei.

É provável que ela faça uma carinha de “poucos amigos”. Talvez a pergunta se repita mais algumas vezes. Não importa se as bolsas são feias, horrorosas, antiquadas. Pouco importa o fato de estar convencido de que ela está em dúvida e, semelhante a você, também não ter se empolgado com nenhuma delas. Se continuar desaprovando as opções sugeridas, será o culpado por ela não comprar nada.

Esqueça, cidadão!!! Eu sei que você realmente não gostou dos modelos. Ela também. Sei que viraram a loja “de cabeça pra baixo”. Não tinha nada que valia a pena. Mas você será o responsável por ela ter voltado pra casa sem ter comprado nada.

Quer mais? É provável que se você tivesse dito:

– Ai, amor, leva essa…

Ou:

– Essa combina com você…

Ela também não levaria. E ainda olharia pra você como quem diz:

– Esse sujeito tá gozando da minha cara. Não entende nada de bolsa.

Ou:

– Ele só quer ir embora logo.

Sabe, não é regra, mas quase sempre a mulher nos consulta porque quer sentir que nos interessamos pelo que ela faz. Quer ser admirada, aprovada, aplaudida.

Este é o segredo.

Por isso, nada que você disser te isenta de vê-la emburrada por algumas horas. Ela só vai sair da loja realmente feliz se encontrar o que estava procurando. Portanto, se está ali para acompanhá-la, prepare-se e torça. Ela precisa achar algo que a encante. E faça a sua parte: envolva-se. Ajude-a; sem ser ridículo, é claro. Misture-se em meio às centenas de itens existentes na loja e tente apresentar opções. Se perceber que não vai achar a bolsa, mostre um cinto, uma carteira, um óculos, uma echarpe… Não importa. Se “descobrir” outra coisa que mexa com ela, ficará satisfeita. Vai continuar querendo a bolsa… Mas você terá demonstrado que estava ali, inteiro, interessado, com as atenções voltadas para ela. É tudo que uma mulher quer do seu homem.

Anúncios