É dever do trabalhador fazer bem feito

Vez ou outra sinto necessidade de revisitar meus textos. Pode ser apenas para consulta, leitura; mas também pode ser para rediscutir, ampliar a reflexão que havia proposto.

É o caso do último post.

Ao falar sobre a gestão da carreira e a necessidade de não se deixar influenciar pela ausência de reconhecimento, notei que precisava ir além.

Sabe, pouca gente se dá conta do que significa estar contratado por uma empresa. Geralmente, o trabalhador consegue a vaga, acerta o salário, começa a desenvolver suas atividades e, meses depois, está insatisfeito. Quase sempre por dois motivos: sente-se frustrado com o trabalho e não reconhecido pela empresa.

Na verdade, o sujeito, ao desempenhar suas tarefas, alimenta certas ilusões. Entre elas, que o trabalho não se constituiria numa rotina e de que a chefia estaria dando tapinhas em suas costas como quem diz:

– Cara, você é o máximo. Parabéns!

Aí, tempos depois, seria chamado pelo diretor para ganhar uma promoção.

Como raramente isso acontece, o empregado fecha a cara, reclama de tudo e lamenta o dia em que foi contratado.

Ontem, quando tratei da falta de reconhecimento, não era disso que eu falava. Refletia sobre a ausência de aprovação e compensações, inclusive financeiras, quando o profissional vai além do lugar-comum. Quando ele faz o seu melhor e ainda consegue surpreender. Falava daquela pessoa inquieta, que quer mais, busca mais, faz mais. E nem por isso recebe, num primeiro momento, o que parece justo.

Por que explico isso? Por uma razão muito simples: o profissional que faz bem, mas apenas o seu trabalho, não faz nada além da obrigação. Quem só é cumpridor de tarefas não pode almejar algo para o qual não se esforçou.

Nenhum empregador contrata um funcionário esperando que ele seja “meia-boca”. A pessoa é contratada porque, supostamente, é capaz, é qualificada. Portanto, poucos patrões vão olhar pro sujeito e falar:

– Poxa, que legal, você está fazendo direitinho seu trabalho.

Cidadão, acorde!!! Não se iluda!

Ninguém vai fazer isso. E não vão fazer porque você foi contratado para essa atividade. Fazer bem é o que se espera de todo profissional.
Sempre comparo essa situação com a relação existente entre jornalistas e políticos. Estes sempre reclamam dos profissionais de comunicação. Acham que os jornalistas deveriam aplaudi-los quando fazem algo digno. Costumo responder:

– Eles foram eleitos para fazerem. E fazerem bem feito.

Portanto, se investem em educação, saúde, estradas etc etc ou se legislam com responsabilidade, não fazem nada mais que a obrigação.

Essa também é a lógica do empregador. Por isso, são raros os elogios ao empregado que faz bem feito, mas apenas aquilo para o qual foi contratado.
Aí, o camarada reclama:

– Ah, mas quando erro, todo mundo cai de pau.

É de rir, sabia? Ninguém coloca um trabalhador na empresa para dar prejuízo.

Esses princípios são básicos.

É verdade que existem empresas que as relações são insustentáveis. Também é verdade que um elogio cai bem. Entretanto, se ele não vem, e se você só está fazendo o que se espera de sua função, lembre-se: não espere ser premiado pelo seu trabalho, você já ganha por ele. Se quer reconhecimento, dê um passo além. É isso que fazem aqueles os gestores do próprio sucesso.

Anúncios

2 comentários em “É dever do trabalhador fazer bem feito

  1. Gostei muito,do teu texto,é a realidade que vivemos dentro das empresas,sempre que conversamos com colegas de trabalho é comum vê-los reclamando que não são valorizados,que o chefe nem agradece pelo trabalho feito…e mais comum ainda é ver os mesmos funcionários que reclamam em rodinhas conversando ou mandando mensagens pelo celular o dia todo…FALA SÉRIO !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s