Mania de perseguição: é difícil tolerar

Eu sou rabugento. Ranzinza mesmo. Tem a ver com o fato de ser exigente demais, perfeccionista. Isso fica um pouquinho pior no trato cotidiano já que sou introvertido. Então, vira arrogância, prepotência… coisas do tipo.

Até tento lidar com isso a fim de não afastar as pessoas. Mas nem sempre dou conta. Por isso, aprendi que não posso controlar tudo. Alguns vão gostar de mim; outros, não.

Então, cara feia já não me assusta mais. Ainda assim, noto que tem gente que vive achando que o mundo conspira contra si. Tem mania de perseguição. É uma coisa doentia.

Se hoje você cumprimenta e não sorri, o outro fica achando que é com ele; se dá uma resposta atravessada, ganha um inimigo; se esqueceu de dar um recado, o sujeito já fecha a cara pra você sentindo-se excluído…

É muito doido isso.

Quem tem mania de perseguição, vê fantasmas.

É normal nos preocuparmos com a avaliação do outro. Na verdade, fazemos isso o tempo todo. O outro é a nossa referência. Porém, não dá para viver pensando que o mundo conspira contra você.

Não é porque tem um grupinho falando baixo e rindo que você é o foco da conversa. Não é porque não foi convidada para uma festinha de uma colega que você é a pessoa mais indesejada do mundo. Ou que está todo mundo contra você.

Pare com esse pessimismo! As coisas não funcionam assim.

Duas coisas se passam na cabeça de quem acha que tudo dá errado com ele. A pessoa se vê como o mais azarado dos seres humanos; segundo, transfere para o outro a responsabilidade por tudo que lhe ocorre de ruim.

É o típico sujeito que morre de pena dele mesmo. E olha para os outros e vê inimigos em potencial – ali estariam agentes do mal, prontos para lhe puxar o tapete.

São pessoas mal resolvidas, mal amadas, carentes, inseguras.

E, exatamente por suas características, ninguém as quer na “panelinha”.

Quem se sente assim precisa de ajuda. Não adianta os amigos serem tolerantes por toda vida. Essas pessoas são vítimas de suas próprias emoções. Se não confrontarem as causas de seus problemas, nunca darão conta de uma convivência saudável com familiares, colegas de trabalho, amigos… Vão se sentir eternamente perseguidos. Pior que isso, permanecerão infelizes. E roubarão a felicidade dos outros.

Anúncios

Um comentário em “Mania de perseguição: é difícil tolerar

  1. Eu estou assim. Preciso de terapia com urgência mas não tenho como pagar. Não consigo terapia gratuita de qualidade pois ou o horário coincide com meu trabalho ou não tem vaga. Ultimamente então estou vivendo um inferno no meu trabalho (minha chefe me humilha e persegue, meus colegas ficam do lado dela e ninguém conversa comigo, sou a leprosa do lugar) e só vou conseguir uma transferência no final do ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s