Pânico e a carequinha da Babi: festival bizarro na TV

Estou desolado… Onde foi parar a graça dos programas de humor da tevê brasileira?

Na semana passada, critiquei aqui o CQC. Meses atrás, falei do Pânico. Agora me vejo incomodado novamente pelo programa.

Alguém pode me explicar qual a graça de deixar careca a panicat Babi Rossi?

Tudo bem… Você pode dizer: ela topou.

Respondo: ok, ela topou.

Mas e daí? Você riu? Se riu, riu do quê?

O fato de a Babi ter topado não muda nada. O que está em discussão é o bizarro, o vazio, a ausência… Nada justifica. Não tem graça raspar a cabeça de uma pessoa.

E quem riu só pode ter rido do fato de uma mulher bonita perder parte de sua beleza. Ou seja, riu da “desgraça alheia”. Coisa típica de invejosos – “se não posso ter, o outro também não pode” (neste caso, a beleza dela).

Gente, vamos parar com isso, né?

Está na hora de admitirmos o nosso mau gosto. Garantir audiência para quadros como esse é assumir que estamos vazios, perdemos as referências, já não sabemos valorar.

Passou da hora de rejeitarmos esse vale-tudo pelo Ibope.

Lembro que a atriz Carolina Dieckmann já fez isso na telinha. Mas fez em nome da interpretação de um personagem. E de uma causa maior: chamar a atenção para os problemas causados pela leucemia e a importância da doação de medula.

Agora, e a Babi???

Alguém pode me responder?

Não acredito nas aparências. Não vou sustentar a tese que a panicat não sabia de nada. Mas não sei se a jovem seria tão boa atriz a ponto de chorar no palco. Ela tinha duas opções: o cabelo do Neymar ou a carequinha do Marcelo Tas.

Depois, se deixou fotografar sorrindo? Sim.
É paga para esse tipo de tolice? Sim.
Outras topariam a mesma coisa? Sim.

Porém, volto a sustentar: não se trata da Babi. Trata-se de nós, do público que sustenta, que respalda esse tipo produção midiática. Quanta mediocridade!

Anúncios

8 comentários em “Pânico e a carequinha da Babi: festival bizarro na TV

  1. “Você riu? Se riu, riu do quê?”

    Resumiu tudo. Onde está a graça? ver alguém se deixar humilhar por dinheiro, por audiência!

    Definitivamente, precisamos avaliar melhor o uso do nosso tempo. Afinal, não podemos, nunca mais, recuperar o tempo que perdemos vendo coisas como estas. Sabemos que são poucas as opções realmente instrutivas que temos. Então, é melhor desligar a TV e Ler um bom livro.

  2. Também tenho um blog que apresentou este assunto.

    http://gregaeudaimonia.wordpress.com/2012/04/24/vale-tudo-para-ter-ibope/

    A unica coisa que verifiquei ali foi uma demonstração fina e sincera de bullying na mídia. Muitos são adeptos de ideias como “ela está rica, pra quê eu vou ficar com pena dela”, mas a humilhação está lá e não vai se apagar tão cedo da internet. A garota está presa a um contrato com multa milionária, não dá pra simplesmente dizer “não topo essa brincadeira”, caso tente, ela teria 3 encarnações pra pagar a quebra de contrato.

    O público brasileiro reclama do conteúdo televisivo (ou da falta dele), mas esquece de quem está com o controle na mão, esquece quem paga a conta de energia no final do mês e quem está com a grana na mão. Não ao bullying/cyberbullying e não ao escárnio.

  3. Concordo totalemnte com você. Eu não vi graça alguma, nem colaborei com audiencia desse quadro, tive nojo da cena, tendo sido combinado ou não. Ouvir Emilia e Sabrina falar que a Babi estava linda, que ridículos. Sabrina quando apenas cortou a franja dela que todo mundo falava que estava feio ela aposto que nao gostou, imaginem raspar a cabeça. Se fosse pelo menos por uma boa causa, ou alguma doença grave, mas por simples raspar. Me poupem… Me faz pensar se quero realmente ver Panico na Tv…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s