O que a Carolina tem que você não tem

Alguém pode me explicar o que está acontecendo? Sou eu que estou no lugar errado, na hora errada, pensando errado ou o mundo está mesmo de cabeça pra baixo?

Como alguém pode sair com essa?

Tem mais circulando na rede. Não apenas essa imagem. É quase uma campanha virtual. É a imbecilidade em rede, mascarada de indignação. Nunca imaginei que a humanidade pudesse ser tão tosca, mesquinha, pequena.

Concordo que é preciso combater pedofilia. Concordo que precisamos combater estelionatários, corruptos… Todo esse bando de safado precisa ir pra cadeia. Mas, para tudo, né? Crime é crime. Os sujeitos que vazaram as fotos da Carolina em rede, e que antes tentaram chantageá-la, são tão criminosos quanto o sujeito que dá um cheque sem fundo, rouba senha do computador, dá golpe com cartão de crédito… As penas podem ser diferentes. Mas são crimes.

Tem gente pagando pra ter sua bundinha exibida na rede. Mas nem todo mundo quer isso. E, creio, qualquer pessoa que pense um pouquinho se sentiria inseguro ao saber que um spam pode abrir sua máquina pra gente desconhecida e de má fé. É como descobrir que o porteiro fez cópia da chave de seu apartamento para espiar por lá quando você não está.

Ah… mas a mocinha é bonita, famosa… Então, é por isso que a polícia resolveu rapidinho? Sim, e daí? E daí que a polícia teria que agir rápido em todos os casos. Não é o fato de a polícia ser negligente noutros casos que nos dá o direito de minimizar o crime contra a Carolina. A polícia fez o que tinha fazer: identificou os criminosos. E agora cabe à Justiça fazer a parte dela.

O fato revela que, quando pressionada, a polícia pode ser eficaz. Qual teria que ser nossa crítica? A polícia deveria ser sempre eficaz. No caso da Carolina e na violação do meu cartão de crédito. Como sociedade, deveríamos voltar nossos olhos para isso. E não sair por aí questionando o fato de a polícia ter feito o trabalho dela. O crime contra a atriz não é menor pelo fato dela ser bonita, gostosa, famosa ou chata, como dizem.

Mais de 8 milhões já viram as fotos. Ela tem o direito de reclamar da sua intimidade ter parado na rede. Ainda que Carolina já tivesse posado nua, o que ela nunca quis fazer, teria motivo para reclamar punição e ver os responsáveis punidos. Ela e qualquer outra pessoa que venha ter sua intimidade violada e exposta na web.