Conviver é confrontar verdades; inclusive as nossas

Temos nossas verdades. Fazem parte de nossa identidade. Revelam quem somos. Precisamos delas, pois representam nosso conjunto de valores. Dão significado à nossa vida e nos fazem dar sentido à existência, ao outro e ao próprio mundo. Por isso, nos apegamos a elas. Sem elas, perdemos o chão, ficamos sem rumo.

Ninguém consegue ser alguém, sentir-se gente, sem ter as suas verdades. Por isso, admiro quem tem suas convicções e não se deixa abalar por qualquer nova teoria. Entretanto, também tenho medo daquelas pessoas que não aceitam questioná-las.

Somos diferentes. É isto que constitui a beleza dos homens. Também por isso evoluímos. Gente que não aceita questionar suas verdades é gente que não se permite crescer.

O que favorece (a nossa evolução) é a contradição, a contestação, que induzem à inovação.

Não dá pra viver sob a máxima:

– Eu sou assim, não vou mudar. Quem me quiser, tem que me aceitar.

A vida em comunidade, os relacionamentos são baseados no conflito. E os conflitos existem porque temos nossas próprias verdades, são nossas convicções que se opõem ao outro, que contestam as verdades do outro. Acontece que essas divergências nos fazem melhor.

Reconhecer a existência do outro é aceitar suas possibilidades de desacordo comigo. Ele é e será sempre diferente de mim, eu não sou o centro do mundo nem meu ponto de vista é o único válido.

Mas dá trabalho aceitar isso, né?

Queremos impor nossa forma de pensar, pois acreditamos que ela está correta. Nós pensamos estar certos. Porém, ao fazer isso, mesmo sem querer, estamos reforçando o discurso de que o mundo gira em torno de nosso umbigo. Estamos dizendo que há uma só verdade: a nossa.

Esse é um engano. Não existe um único jeito de viver, não existe uma só forma de agir, não há uma só verdade. Há ideias e mais ideias. Muitas, centenas, milhares, milhões. Existem hoje para serem revistas, recriadas amanhã.

As ideias novas jorram com freqüência de pontos de vista divergentes que partilhamos e discutimos de maneira franca.

Sabe, sem oposição, não dá para progredir.

Quando, por conformismo e para preservar a segurança, proibimos qualquer discussão, corremos o risco de rapidamente ficarmos sem criatividade.

Claro, o novo, o diferente, nos lança um desafio. E não é simples dizer pra gente mesmo:

– Eu estou errado.

Não é fácil confrontar nossas convicções, revê-las e aceitar que pode haver outras formas de viver e ver o mundo. Afinal, mudar significa ir em direção ao desconhecido.

No entanto, reconhecer que nossa verdade não é única, que pode estar equivocada é aceitar que, sozinhos, nunca teremos acesso ao todo. Minha verdade é parte do todo; a sua, também. Eu percebo o mundo do lugar onde estou e, por isso, apenas acesso a realidade sob uma perspectiva. Os outros vêem uma outra parte.

Quando optamos por tentar entender a verdade do outro, ampliamos horizontes, conhecemos outras formas de ver o mundo, admitimos novas possibilidades de amar, sentir, experimentar a própria vida.

PS- As frases recuadas, em itálico, são citações do livro “Os conflitos”, dos franceses Jacques e Claire Poujol.

Anúncios

9 comentários em “Conviver é confrontar verdades; inclusive as nossas

  1. Realmente, Ronaldo … mudar significa ir rumo ao desconhecido, e sendo assim preferimos continuar na zona de conforto invés de procurar evoluir, aceitando as mudanças necessárias em nossa vida.

  2. Parabéns Ronaldo, gostei do tema e do texto. Talvez valeria pensar sobre a ótica da fé. Como trabalhar a fé nesse contexto de mudanças, onde cai os dogmas e entram os paradigmas? É possível entender Deus, por exemplo, entendendo que há vários caminhos e não apenas um? Fica aí minhas questões (rs). Um forte abraço! Sodré Junior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s