Na segunda, uma música

Costumo dizer que um dos maiores problemas dos relacionamentos é a falta de verbalizar os sentimentos. Brinco sempre:

– Tem que falar!!!

É preciso falar, dizer o que sente, o que o outro significa. Sentimentos não podem, não devem ser silenciados. Tem gente que sente-se arrebatado pelo outro, mas não verbaliza. Acha que o outro vai ficar convencido, vai aproveitar-se da situação… Sei lá. É cada coisa, cada argumento!

Ah… e tem aqueles que dizem não ter as palavras certas.

Gente, não tem palavra certa. Certo o que está no coração. Certo é o sentimento, o desejo, a vontade. Se eles existem, mesmo sem jeito, atrapalhando-se, é preciso mostrar ao outro que se importa, que é especial, que é único.

Os homens, principalmente, sofrem mais para verbalizar os sentimentos. Não foram preparados para isso. São brutos, nos sentimentos. Não foram lapidados. Muitos aprenderam que chorar, dançar, fazer poesia é coisa de “maricas” (ainda existe esse termo? Tô ficando velho, né?). Então, não se atrevem a olhar pra pessoa amada e falar o que sentem.

Por isso, gosto em especial de um trecho da música que compartilho nesta segunda, Nobody. É do americano Jonh West. Ele diz:

Serei um homem
E direi a verdade sobre isso
Ninguém me ama como você

Sim, é preciso ser homem para dizer que ama, que ela é incrível e quem garante seus melhores sonhos.

Vamos ouvir?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s