Moradores de rua devolvem dinheiro e viram notícia: quando ser honesto se torna a exceção

Acho que muita gente viu a notícia do casal de andarilhos que achou R$ 20 mil e devolveu. Bom, é provável que você leu, assistiu… Sei lá. A informação está na rede. E o casal, na televisão.

Falei sobre isso na CBN tão logo vi a notícia. Usei-a no comentário com o Gilson nesta terça-feira. Papo leve, agradável e muito elogiado pelos ouvintes. Tudo muito bom.

Mas o que pouca gente percebe é o lado ruim da notícia. Sim, tem um lado ruim. Sabe por quê? Porque o fato não deveria ser destaque na mídia.

É verdade. Esse tipo de coisa chama a atenção, recebe nossos aplausos… A gente diz: “oh, que casal honesto. Que belo exemplo”. Porém, nada disso deveria ser incomum.

O fato desperta o interesse porque não somos honestos. É isso que esta notícia revela. O incomum mostra o que é comum: o normal seria não devolver o dinheiro. E tenho vergonha disso. Não deveria ser assim. Não deveríamos ter no noticiário esse tipo de informação. Deveríamos nos assustar quando o dinheiro some, quando verba é roubada, desviada e não aparece. Infelizmente, o crime, a desonestidade, a falta de ética, o “jeitinho” viraram regra. O ser honesto é a exceção.

Anúncios

3 comentários em “Moradores de rua devolvem dinheiro e viram notícia: quando ser honesto se torna a exceção

  1. Ronaldo,
    Também falei do assunto lá no meu pedaço ontem e fiquei imaginando que os pobres coitado não teriam mesmo como ficar com aquele dinheiro, como iriam explicar isso pra sociedade de um dia pro outro, aparecerem bem e como gastar o mesmo. O pior mesmo é que vira notícia e depois vira sensacionalismo, pois um colega na academia hoje já me disse que ontem eles estavam no programa do Ratinho. A mulher, super sem graça, encolhida, envergonhada sem saber o que dizer e ainda fizeram uma escova no cabelo da pobre. Honestidade, como já dizia C.Lispector, não é uma virtude, mas sim um compromisso.
    grande abraço carioca

  2. eu não devolvia, e tem mais se ele quis devolver não precissava a parecer na midia, porque quando a gente faz uma bondade, não é por polvo é pra deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s