A gente deixa pra depois e a internet leva a culpa

Semanas atrás escrevi aqui sobre procrastinação – esse negócio de deixar as coisas pra depois. Hoje, esbarrei no assunto ao ver uma pesquisa revelando os motivos de adiarmos compromissos pessoais ou profissionais. O curioso é que a internet tem culpa. Quer dizer, a culpa é nossa. Afinal, a rede não nos obriga a gastarmos tempo online. Porém, nos fascina, nos seduz, nos envolve, nos faz perder tempo.

Na verdade, a gente adia aquilo que a gente não gosta de fazer. Adiamos o que nos parece chato. E a internet, pelo contrário, dá prazer. Por vezes, é um negócio vazio. Sai do nada pro lugar nenhum. Ficamos navegando, navegando e… não aproveitamos muita coisa desse tempo. Mas fazemos isso com satisfação. Como as tarefas adiadas geralmente requerem esforço, a rede rouba nosso tempo sem culpa.

Ainda ontem, quando conversava com meus alunos. Falávamos sobre leitura e uma aluna disparou:

– Mas não dá tempo, professor.

Ela falava da falta de tempo pra ler. Então, uma colega emendou:

– Não dá tempo, mas todo mundo acha uma hora e meia pra ficar no Facebook.

A pesquisa sobre a procrastinação confirma isso: ficamos na internet e adiamos coisas que sabemos que deveríamos fazer. Curiosamente, ler está entre as “tarefas” adiadas. Por ordem: exercícios, leitura e cuidados com a saúde. Estas são as três atividades mais proteladas.

E são coisas deixadas para depois porque não temos vontade de fazê-las. Como dependem apenas de nós, de uma motivação interna, optamos por aquilo que dá prazer imediato. Sabemos, por exemplo, que exercícios farão bem pro corpo. Mas não vamos notar agora. Os benefícios da leitura, idem; são subjetivos. Saúde então… Pra que prevenir, né?

Na verdade, só não adiamos outras tarefas chatas quando estas têm prazo, nos são cobradas e podemos sofrer algum tipo de prejuízo se não as executarmos. Sem cobrança, o que é chato fica pra depois… Ou pro “dia de são nunca”.

Quando é um trabalho, por vezes, a gente até para pra fazer. Senta diante do computador e diz: “vai ser hoje”. Mas acaba não resistindo dar uma espiadinha no Face… Depois, no Twitter… Em alguns sites… Assim, perdemos tempo e as tarefas vão se acumulando. Isso ocorre, inclusive, no emprego. Quem tem sempre um computador por perto, acesso à internet, perde-se em meio a esse turbilhão de coisas disponíveis na rede.

Com tanta diversão na web, quem quer evitar deixar atividades pra depois precisa se policiar. Estabelecer metas. Vale até regrinhas de compensação. Tipo: fiz tal coisa, “ganho o direito” de dar uma passadinha no Facebook… É o único jeito. Do contrário, a rede vai continuar roubando nosso tempo.

Anúncios

2 comentários em “A gente deixa pra depois e a internet leva a culpa

  1. Muito interessante e pertinente a matéria. Realmente é isto que ocorre conosco, sempre protelando o que é chato e o que pode ser adiado, protelado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s