Chatices fazem mal ao relacionamento

Relacionamentos devem fazer bem
Pouca coisa incomoda mais num relacionamento que o desânimo. Ter um parceiro desanimado, chato… é de lascar. Sei, a expressão é um bocado ultrapassada. Mas você entendeu. Tem gente que nunca está bem. E estar com alguém assim só faz mal pra gente. A mulher sai toda empolgada pra ver o sujeito e o encontra infeliz. Num dia, reclama do chefe; no outro, da mãe; depois, da comida do restaurante…

Ninguém está bem todos os dias. É impossível. E existem coisas que nos tiram do sério. Fazem perder a paciência, magoam, causam tristeza. Nem todos os dias são dias de sol e céu azul. Nem todas as noites têm lua cheia e estrelas brilhando. Vez ou outra a gente se vê afogando nos problemas e sobra pro parceiro. A pessoinha não tem culpa de nada, mas acaba tendo de aguentar o nosso mau humor.

É o tipo de situação que acontece. E só não entende quem é egoísta demais. Entretanto, para algumas pessoas, a exceção vira regra. O outro quase sempre está chatinho. De dez encontros, oito têm alguma coisa incomodando.

O curioso é que a pessoa fica chata, desanimada quase sempre com coisas pequenas. Ela lembra de um problema que tiveram no ano passado… Pronto. Era tudo o que faltava pra ficar de cara amarrada. Noutras ocasiões, nem tem relação direta com ela – nem com o casal. O sobrinho do primo da vizinha fica doente e ela já não quer conversar, não tem disposição pra sair pra jantar, rejeita os carinhos… Sexo então? Nem pensar. Vira uma companhia pouco desejável.

Relacionamentos assim se tornam insustentáveis. Ninguém gosta de ter como parceiro alguém que nunca está bem. Relacionar-se é dividir… Coisas boas e ruins. Mas tem de ter um equilíbrio. Se a pessoa só traz coisas ruins para o relacionamento, torna-se um fardo. Não dá pra ficar feliz ao lado de um parceiro que está sempre com a carinha amarrada, fazendo biquinho e repetindo: “oh céus, oh vida”.

Tenho dito que o relacionamento bom é relacionamento leve. Tem cumplicidade, tem envolvimento… É pra chorar junto também. Mas é pra fazer bem. Relacionamento bom é vivido por gente que está de bem com a vida. Por gente que tem saúde emocional e está disposta a experimentar o prazer que cada dia oferece ao lado da pessoa amada. Diferente disto, é abdicar do direito de ser feliz e aceitar ser contagiado com a indisposição de viver do outro.

Anúncios