Amor bom é amor prático

casal1

Sim, sou romântico.  E “à moda antiga”. Sou daqueles que ainda escrevem bilhetes, se aventuram a construir frases poéticas. Entretanto, nada disso tem valor se as palavras não se traduzirem em gestos, ações. Quem ama, cuida. Quem ama, faz. 

O mundo está cheio de galanteadores, mas que são incapazes de amar de verdade. No ouvidinho, falam coisas bonitas… até levarem a “presa” pra cama. Depois da conquista, tudo muda.

Certa vez escrevi, “o amor é sentimento ou decisão?”. Penso que o amor é as duas coisas. A gente sente, mas a gente também faz. Quem ama, age pelo outro. É capaz de falar (e deve falar), mas também sabe proteger, sabe negociar, sabe renunciar.

Quem ama, compartilha. Divide. Divide os planos, divide os sonhos, divide até a conta bancária. Tem disposição pra levar pro trabalho, tem capacidade de ouvir a reclamação, sabe entender as tristezas, conforta quando chora. Também se mostra pronto para orientar, para aconselhar… Rejeita a vontade de acusar, de ofender. E não se nega a acolher.