Por que não dá para reviver as grandes histórias?

Registrar algumas lembranças é uma das maneira de revisitar grandes momentos
Registrar algumas lembranças é uma das maneira de revisitar grandes momentos

Não parece nada justo. Algumas coisas não poderiam acabar. Deveriam ser eternizadas. Quem sabe, ao menos, revisitadas. Por que tudo tem hora para acabar?

Meses atrás, participei de uma cerimônia de casamento. Estava tudo tão lindo… tão perfeito… Cada detalhe foi pensado em seus mínimos detalhes. E o casal era completamente apaixonado. Parecia uma história de cinema. Não parecia ser real. “Viajei” com eles. Sonhei com eles naquela noite. Me emocionei com eles.

Quando deixei a festa, saí com uma pontinha de frustração. Por que tinha que acabar? Por que não seria possível, uma ou duas semanas depois, voltar ali e reviver aqueles momentos?

Tem coisas que a gente lamenta demais por não ter a chance de reviver. Pode ser uma viagem para a casa das tios feita ainda na infância. Pode ser aquele passeio na praia na adolescência. Pode ser a noite em que conheceu o grande amor. Pode ser aquele abraço gostoso que recebia do pai sempre antes de deitar. Pode ser o dia do resultado positivo do teste da gravidez tão desejada. Pode ser o dia que comprou o primeiro carro, pegou a chave da casa própria… Quem sabe aquele encontro mágico com o namorado.

Há momentos que gostaríamos que não tivessem hora para terminar. Deveriam ser “pra sempre”. Talvez essa seja uma das coisas injustas provocadas pela passagem do tempo: não há uma maneira de congelar um momento, uma experiência vivida e revisitá-la. Certas experiências não poderiam ser passageiras; deveriam ser eternas – e não apenas como sentimentos e lembranças.

Entretanto, não é assim que funciona. A vida é uma só e cada instante é único. O que vivemos nele torna-se passado em milésimos de segundos. Eu posso até apagar e recomeçar este texto. Mas o que vivia quando comecei a digitar, não posso recuperar. A única coisa que nos resta é mergulhar na própria existência e aprofundar-se em cada experiência que a vida oferece. Ocupar-se somente daquilo e esquecer de tudo mais. Não permitir que a vida seja vivida pela metade. Ou com olhos naquilo que ainda não se pode ver.

E para revisitar alguns dos nossos grandes momentos, aqueles que ainda nos tiram o fôlego, resta-nos a sabedoria de registrar o passado. Se os diários saíram de moda, há outras formas de escrever sobre nossos dias e a respeito de emoções tão únicas. Parar para escrever significa organizar as memórias e se dar uma chance de voltar a viajar pelas lembranças de sentimentos bons.

Anúncios

4 comentários em “Por que não dá para reviver as grandes histórias?

  1. Meu amigo, esta matéria é forte!!! Mexe com a gente…. a criação do tempo, fantástico, Deus é soberano, e ai, o que faço, organizo as memórias, de todas as maneiras e formas… do jeitinho antigo, não sei se é diário, mas tenho um monte de agendas com as minhas considerações, que são importantes para mim, experiencias reais, lindas, maravilhosas, dolorosas, tem de tudo… e agora temos a guarda eletronica.As fotografias são registros fantásticos, ao lermos e visualizarmos tudo isto, e como se revivessemos os momentos, chato quanto dói!!! Mas é bom mesmo assim!!! O precioso de todo este tesouro e a memória, a lucidez, este é o grande tesouro! Parabéns!!!! Falou tudo que gostaria de ter dito um dia….

  2. Realmente é dificil saber que os momentos que passam são impossiveis de se reviver. Sabe, as vezes eu só queria reviver nem que fosse só por um instante momentos que vivi. Mas aprendi que a gente deve viver as coisas boas da vida como se nunca mais pudessemos viver…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s