Ele ainda não disse “te amo”

amor

Quando a gente sabe que está amando? Existe um momento decisivo, definitivo? Difícil dizer… Difícil, porque até o amor é complicado de definir.

Seria amor aquele frio na barriga, aquela vontade estar junto? Seria amor o desejo de fazer amor?

Um leitor me procurou. Está vivendo um momento delicado. Namora há alguns meses. Mas ainda não falou “eu te amo”. E está sendo cobrado. Ela quer ouvir. Ele não quer dizer.

Diria que ela tem sorte: aparentemente, é um cara sincero. Prefere falar quando realmente sentir-se pronto para isso. Não é mais um garoto. Viveu outro relacionamento por anos. E isso o ajudou a entender que o amor é diferente da paixão. Amor se constrói no dia a dia, na convivência, na cumplicidade.

Mas… a atual namorada está chateada, magoada. Acha que alguns meses de relacionamento são suficientes para haver amor, para dizer “te amo”.

Eu entendo o desejo dela. Eles estão juntos. Falam-se, tocam-se, beijam-se… Dividem coisas. No coração dela há um sentimento especial. Ela acha que é amor. E talvez seja. Quem pode dizer?

Ele também sente vontade de estar ao lado dela. Gosta de estar perto. Não pensa noutra garota. Mas ainda reluta. Acha que é cedo declarar-se, afirmar que o que sente é amor. Acredita que o verdadeiro amor vem com o tempo. É preciso haver convivência, aceitação, superação de medos, inseguranças…

E sabe de uma coisa? Os dois têm razão. Ela de achar que ama; ele de pensar que ainda não ama.

Quem disse que a gente ama igual? Amor… a gente não entende. Por isso, em alguns momentos, penso que o amor é uma decisão. É a gente quem define o que está sentindo. Depois de olhar para dentro de si, para as próprias reações, para o olhar que tem para o outro e pelo outro, a gente conclui: estou amando. Só a gente pode fazer isso.

O problema é que isso, por vezes, acaba gerando um descompasso. Um acredita que já ama; o outro ainda não está certo disso. Se faltar disposição para entender que pessoas têm ritmos diferentes, inclusive para amar, o relacionamento entra em crise.

Só tem um jeito de resolver isso: esperar. Lidamos com os sentimentos de forma distinta. Os corações não são iguais. Se existe carinho, vontade de estar junto, se é nele que você pensa quando deita e acorda, se é com ela que você deseja conversar quando recebe uma notícia boa ou ruim, se existe respeito, atenção… vão criar confusão porque uma das partes não se sente pronta para dizer “te amo”? É só o “eu te amo” que garante que o relacionamento faz bem?

Relacionamentos não sobrevivem sem amor, é verdade. Mas há todo um contexto que indica que o sentimento pode estar presente, ou sendo gestado, amadurecendo – apenas ainda não foi verbalizado.

Se há compromisso, se faz bem, se o outro te completa, por que ter pressa para ouvir um “te amo”?

Sem deixar de preservar-se, experimente o romance, curta… Viva a relação, sem cobranças. Aguarde o momento certo em que os dois estarão prontos, na mesma sintonia. Por um amor bom, sempre a vale a pena esperar.

Como já dizia o Frejat, por um amor bom… “eu vou até o fim”.

Anúncios

11 comentários em “Ele ainda não disse “te amo”

  1. Ronaldo. Não é que “ele não quer dizer”, é sim “ele não sabe como dizer”, porque os homens não são suficientemente alfabetizados na linguagem do amor, ou do dizer amor. E a mulher sempre quer ouvir, ouvir, ouvir mensagem de amor. No fundo, não importa a ela se esta mensagem é verdadeira ou falsa, mas sim, se lhe é VEROSSÍMEL. Alguém disse; importa mais parecer do que ser. Eis o descompasso entre homem e mulher. No fundo, eis o descompasso entre dois seres humanos: ninguém preenche o outro de fato, mas as vezes com palavras. Mas que as palavras parecem fato, verdade-verdadeira. abração.

  2. me fez muito bem ler seu artigo. É exatamente o que eu vivo com um homem maravilhoso que me respeita, que adora estar comigo, cuida de mim, assim como cuido dele. Somos amigos e namorados, Nós nos completamos. Eu digo que o amo, ele diz que sou única, especial. Sei que um dia vou ouvi-lo dizer o que tanto quero. Você, com suas palavras me incentivou a esperar e ter paciência.

  3. OLA ! TENHO UM RELACIONAMENTO A 4 ANOS ,MAS ATE AGORA NÃO OUVIR ELE DIZER QUE MIM AMA, ,PENSO QUE PELO FATO DELE JÁ TER TIDO UM RELACIONAMENTO SERIO SEM FUTURO,TALVEZ NÃO QUEIRA FALAR OU SEI LÁ….MAS SEI QUE ELE E MUITO CARINHOSO E NÃO GOSTA QUE EU FIQUE LONGE DELE POR MUITO TEMPO ,MAS MESMO ASSIM FICO MAGOADA ,SEI QUE ELE GOSTA DE MIM MAS NÃO SEI SE ELE MIM AMA. ACHO QUE SE ATE AGORA EU NÃO OUVIR ELE DIZER QUE MIM AMA E POR QUE NÃO TEM JEITO,GOSTAR NÃO E A MESMA COISA QUE AMAR

  4. Muito bom!!! Me ajudou muito nesse momento. Estou no lugar dela e é algo que machuca, eu não o cobro, mas já falei há algumas semanas e como ele não falou ainda, dói. No entanto, seu texto me deu aquele amparo e luz que precisava. Acho que está certo em tudo o que disse. As pessoas amam de maneiras distintas, umas se expressam mais rápido de acordo com o que acredito. Tenho sorte de ter um homem sincero comigo e realmente espero que um dia ele também possa dizer sentir que me ama e verbalizar isso.

  5. Muito bom o texto! Mas meu problema é que no começo do namoro ele era muito carinhoso, falava “te amo” e demonstrava até de mais, agora estamos noivos, só que agora ele ficou seco, já tem uns meses que ele não diz “te amo”, percebo que ele gosta de mim, ele até quer casar logo, mas será porque ele mudou tanto, porque ele não fala mais que me ama? Fico na dúvida, será que ele me ama!? Por que ele iria querer casar comigo!? Não sei o que pensar! Me ajudem!! 😓

  6. Estou vivendo algo bem parecido. Namoro há seis meses, sendo que estamos juntos há 8 meses, e até hoje ele nunca disse que me ama, não tem nenhum tratamento carinhoso comigo, sempre me trata pelo meu nome mesmo, sem qualquer apelido “carinhoso”. E isso tem me incomodado bastante! Ele é um homem maravilhoso nos outros aspectos, atencioso, fiel, companheiro, generoso, mas realmente nunca expressa com palavras os seus sentimentos. Já tivemos várias discussões devido a isso, pois eu passo quatro dias da semana trabalhando em outra cidade, e nesse período parece que tenho um amigo e não um namorado, já que não existe nenhuma palavra carinhosa e as atitudes, em razão da distância, restam impossibilitadas. Quando chego em nossa cidade, nos 3 dias que podemos conviver, as coisas se tornam mais fáceis, pois, embora cada vez que ele me chame secamente pelo nome isso me incomode, as atitudes e momento que passamos juntos são bons e relevo o tratamento frio. Mas basta eu retornar para a cidade que trabalho que a sensação que meu namorado sumiu e no lugar restou um bom amigo volte a reinar. Nas discussões que já tivemos ele sempre diz que cada um tem seu tempo, que as atitudes falam mais que mil palavras, que não adianta ser igual aos cafajeste que tem por aí que falam tudo da boca para fora… Ele tá certo nos argumentos dele, mas isso me leva a crer que embora ele goste do relacionamento e de mim, ele então não me ama, e, sinceramente, não penso em continuar investindo numa relação que a pessoa não consegui expressar uma palavra de carinho ou um sentimento, pois vejo que numa relação entre homem e mulher isso é realmente importante, pelo menos para mim. Com tudo isso nosso relacionamento tem se desgastado bastante e estou vendo que talvez o término será inevitável. Me vejo como uma mulher que merece boas atitudes de um homem, claro, mas merece também o seu carinho, pois além de um companheiro, buscamos paixão, romantismos e borboletas no estômago quando decidimos compartilhar a vida com alguém… Utopia?! Talvez, mas não faz sentido se manter num relacionamento, sem que estejamos realmente bem com ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s