A fragilidade do consumidor

comprasHoje, 15 de março, é Dia do Consumidor. A relação entre quem vende e quem compra melhorou muito nos últimos anos. Há motivos para comemorar. Existe legislação que protege o consumidor… Existe o Procon. E agora a presidente Dilma anuncia um pacote de medidas que pretende ampliar a proteção ao consumidor.

A iniciativa do governo vem em boa hora. Penso que o cidadão é a parte fraca. É quem sofre o prejuízo direto e, por vezes, não tem o que fazer. O aumento do comércio online, principalmente, trouxe novas demandas. E a regulamentação proposta será fundamentar para mudar essa realidade. Entretanto, ainda entendo que os maiores problemas não estão na relação com o varejo.

O que mais me incomoda é a sensação de impotência diante das grandes companhias. Bancos, empresas de telecomunicação, operadoras de planos de saúde parecem acima do bem e do mal. Atropelam os direitos do consumidor, fazem o que bem entendem e seguem impunes. Multas aplicadas não são pagas. E o cidadão segue refém.

Nos bancos, longas filas, cobranças de taxas por serviços não requeridos, juros altos…
Nas teles, tarifas altas, serviço sem qualidade, péssimo atendimento (inclusive pela internet ou telefone), cobranças indevidas…
Nos planos de saúde, compra-se imaginando certa proteção e, no momento que o usuário mais precisa, descobre que alguns serviços não são cobertos…

Para essas corporações, parece não haver lei. Com contratos de difícil compreensão, inacessíveis ao cidadão, conseguem driblar até mesmo a Justiça. E ao consumidor só resta pagar… E pagar caro. Lamentavelmente, diante delas, até o governo parece frágil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s