Um pedido de desculpas cai bem

desculpa

Errar… todo mundo erra. Mas nem todo mundo tem disposição para pedir desculpas. E quando faz isso, nem sempre é de coração, com arrependimento.

Sabe, reconhecer o erro e verbalizá-lo deveria ser prática recorrente em todo relacionamento. Não somos perfeitos, magoamos – inclusive as pessoas que amamos. Na verdade, as pessoas que mais amamos são geralmente o alvo primeiro de nossas agressões, de palavras que ferem, de atitudes que decepcionam. Por isso, admitir que falhou faz parte da reconstrução diária do romance.

Não dá pra ir levando… Quer dizer, até dá, porém as mágoas vão se acumulando. Com o tempo, provocam a separação. Nem sempre de corpos, mas de coração.

Mas por que a gente não quer pedir desculpas?

Porque queremos nos sentir “no controle”. Pedir desculpas parece nos rebaixar. Reconhecer que erramos parece significar que estamos acima do outro… Que desculpar-se é admitir que não somos perfeitos. Ao não pedirmos desculpas minimizamos nosso erro. O discurso implícito é:

– Não foi nada demais. O outro é quem exagerou. É sensível demais!

Quem pensa assim não respeita o coração do outro. Desmerece os sentimentos. Às vezes chega a achar que  o parceiro é quem deveria mudar. Ele é quem tem que entender. Ser menos “fragilzinho”.

Não dá pra viver bem assim. Ignorar a importância deste ato tão singelo é reforçar o egoísmo, o orgulho. Quem foi ferido, espera por um carinho.

Humilhar-se, desculpar-se e acrescentar ao pedido algumas palavras que reforcem o quanto o outro é importante para nós faz parte do investimento diário que se faz no romance. É colocar o amor em prática. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s