Comprar pela internet é um bom negócio

comercio

Enquanto navegava vendo algumas notícias, encontrei um anúncio de vendo online de óculos de grau. Dá para escolher a armação pela rede, fazer simulações de como fica no rosto usando um aplicativo e até existe um serviço “grátis” para quem deseja provar em casa. A pessoa escolhe quatro modelos, recebe em casa e, se ficar com uma delas, não tem custo algum. Tudo fácil e rápido.

Não sei se compraria um óculos pela internet. É algo bastante pessoal e o bacana é experimentar um, dois, três, dez… cinquenta. Tudo com muita calma. De preferência, não fechar no mesmo dia para testar “humores” diferentes.

Ainda assim, gostei da novidade. Na verdade, acho o máximo comprar tudo pela internet. Facilita a vida da gente, evita filas… E está cada vez mais rápido e barato. Mesmo existindo certos riscos, se souber comprar, dá para fazer bons negócios.

Dias atrás, por exemplo, procurava um tablet. Nas lojas virtuais, achei uma infinidade de opções. E todas com parcelamento até 12 vezes, sem juros. Para me assegurar que comprar pela internet era a melhor alternativa, fui dar uma espiada no comércio. Fiquei surpreso. Numa mesma empresa que tem loja na cidade e sistema de venda pela internet, os preços são diferentes e as opções de pagamento, também. Além disso, numa das empresas, enquanto no site havia pelo menos 10 marcas diferentes, na loja, apenas duas.

Fiz a compra pela rede. Embora não tenha levado o produto na hora para casa, não tive dificuldade alguma com a loja virtual. Claro, escolhi uma empresa bem avaliada, conhecida. E, com isso, recebi antes mesmo do prazo final de entrega. Durante a espera, todos os “passos” – desde aprovação do pedido até remessa para a transportadora – foram comunicados por email.

Não é a primeira vez que compro pela internet. Livros, por exemplo, só adquiro em livrarias se estão em promoção. Na web, sai mais barato e dá para parcelar. 

Também tenho vontade de pedir roupas, calçados… Apenas não me sinto completamente seguro em função da qualidade do tecido, tamanho etc etc. Equipamentos e livros são mais fáceis. Se você conhece, sabe bem o que estará recebendo. Em algum momento, sonho não ter que encarar mais vendedores mal humorados, filas para cadastro, filas para pagamento… E nem ficar sendo “empurrado” de um funcionário para outro quando desejo trocar um produto. Supermercado então? Nem nos pesadelos.

E nem se trata de não querer sair de casa; apenas de ter tudo ao meu alcance – a um clique. Facilidade. Só isso. 

Sabe, não dá para dizer que o comércio de rua, em que há interação presencial entre cliente e empresa, vai acabar. No entanto, parece-me que a tendência é de crescimento das compras virtuais. Em 2012, por exemplo, foram vendidos mais de R$ 24 bilhões em produtos pela rede. Em média, o e-commerce cresce 30% ao ano. Nenhum outro segmento amplia tanto seus negócios ano a ano. 

Talvez por isso, algumas empresas não param de investir. A Netshoes, por exemplo, já se prepara para ter uma atuação global. A Casas Bahia começa a vender no mobile… E esta, por sinal, é outra tendência: as pessoas “levam” consigo a internet por meio de smartphones, tablets… Muita gente já não quer parar para fazer suas compras. Compra em “movimento”. Se achar algo legal enquanto navega no celular, mesmo dentro de um ônibus, ela quer ter a chance de decidir e fazer o pedido ali mesmo.

E a tendência é mundial. A China projeta vender neste ano US$ 260 bilhões neste ano. Quer dizer, não sou apenas eu que penso frequentar cada vez menos as lojinhas da cidade e escolher o que quero na web.  Também por isso, quem tem uma boa ideia de comércio – ou já tem um negócio na cidade – não pode ignorar o potencial de sucesso de ter pelo menos uma “filial” no mundo virtual.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s