Você para tudo para atender o outro?

Dividir as tarefas é uma das formas de aumentar a cumplicidade
Dividir as tarefas é uma das formas de aumentar a cumplicidade

Talvez este seja um dos grandes desafios na rotina de um casal. Embora seja uma forma eficaz de comunicar que se importa, que o outro é prioridade, pouca gente dá conta de parar tudo que está fazendo para atender ao outro. E, às vezes, nem se trata de ajudar de maneira prática em algo, mas simplesmente ouvir.

A pessoa amada deveria ser sempre nossa prioridade. O outro espera por isso. Amar é doar-se, é auxiliar, apoiar, ouvir. É colocar em prática o que por vezes parecem ser apenas palavras. Entretanto, não é fácil viver assim. Você está ali, concentrado, preparando um relatório. Tem prazo de entrega. Sente-se sob pressão. E aí, da cozinha, ela chama:

– Amor, vem aqui!

Qual a reação natural? Talvez não seja verbalizada, mas apenas alguns poucos sentem prazer de interromper a atividade, levantar-se e ir ver o que ela deseja. A maioria dos parceiros, quando razoavelmente bem intencionados, gritam:

– O que você quer, amor?

Sair da cadeirinha? Nem pensar. E, se deixa o trabalho, faz isso contrariado.

– Será que ela não está vendo que estou ocupado?

É provável que está. E sabe que é importante. Mas, naquele momento, ela quer se sentir mais importante que o trabalho dele. Se colocar tudo de lado, vai comunicar para a mulher algo que ela quer muito ouvir:

Estou muito ocupado, mas você é mais importante que tudo. Você é prioridade. Eu te amo!

Ocupados como estamos, não é fácil alimentar essas atitudes cotidianas. A gente sempre considera o nosso compromisso mais urgente. Tem prazo, hora pra acabar. E, na nossa cabeça, o outro deve entender, tem que esperar.

Embora isso represente um problema mais comum entre aqueles que estão casados, namorados também ignoram a importância de tornar a pessoa amada prioridade. Quando você cancela uma reunião para levá-la ao oftalmologista, está comunicando que ela é o que há de mais importante em sua vida. Ao deixar de ir a um jantar com as amigas para ficar ao lado dele enquanto se prepara para a prova do concurso, demonstra cuidado e desejo de estar junto nos momentos divertidos e também naqueles em que o tédio impera. 

Sabe, geralmente nos primeiros meses, a gente investe mais na relação. Faz questão de demonstrar carinho, atenção e dizer que o outro ocupa o primeiro lugar em nossa agenda, em nosso coração, em nossa vida. Porém, com o tempo, vamos nos acostumando… Afinal, o outro já está ali, conquistado. Esquecemos que o amor se renova a cada novo dia. E não basta dizer “te amo”, é preciso praticar este amor, transformá-lo em ações. E quem ama coloca o outro em primeiro lugar. Não estou dizendo de uma condição de servidão, mas de doação, entrega… e troca.

Anúncios

8 comentários em “Você para tudo para atender o outro?

  1. E passamos por isso diversas vezes no casamento. Muito bom o texto, como sempre, Ronaldo. Tanto homens quanto mulheres deveriam ler. Parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s