Na segunda, uma música

Há quem considere brega. Ou ache a banda ultrapassada. Entretanto, eu ainda gosto do Roupa Nova. A sonoridade da banda, a qualidade vocal, a beleza das músicas… me encantam.

O Roupa Nova tem músicas que se eternizaram. Uma delas compartilho nesta segunda. “Seguindo no trem azul” faz parte da lista dos grandes sucessos. E tem uma letra singela. Fala da inspiração que alguém, um amor, pode provocar.

Confessar, sem medo de mentir
Que em você, encontrei inspiração
Para escrever

É na poesia que esse amor se declara. Não se fala de corpo, de curvas… Não se fala de baladas, nem há provocações que buscam na sensualidade a motivação para se falar da pessoa desejada.

Te dou meu coração
Queria dar o mundo

E não é um amor egoísta. Compartilha-se. Até a poesia.

Não faz mal não ser compositor
Se o amor valeu
Eu empresto um verso meu
Pra você dizer

Vamos ouvir de novo? Sempre bom recordar.