Ele tem defeitos

romanceperfeito

Ele te trata bem, é gentil. Nunca grita, fala suave. Tem sempre um sorriso no rosto. Parece aprovar tudo que você veste. Melhor, curte seus amigos e sua família. Pra completar, é inteligente, bem sucedido. É um príncipe.

Desculpe-me, é príncipe hoje, amanhã será um sapo – como todos os outros. Ah… e a culpa não é dele. É sua. Você é que viu coisas que não existiam, depois passou a enxergar outras que sempre estiveram ali e ainda deixou de notar várias características desse homem que um dia arrebatou seu coração.

A gente não quer admitir, mas a pessoa amada tem defeitos. Não existe ser humano perfeito. O que acontece é que, na conquista, todo mundo parece melhor do que realmente é. E depois, com o tempo, revela a verdadeira face. Como a gente se ilude com o personagem, frustra-se com o ser humano real. Mais que isso, deixa de valorizar muitas qualidades que a pessoa tem.

Sabe, eu gosto de relacionamentos baseados em expectativas reais. Gente é gente. E tem defeitos. Se não tem uns, tem outros. É assim que funciona. Claro, tem gente que parece vir com um caminhão deles. E aí a coisa não funciona mesmo. Nesses casos, é melhor se desvencilhar logo que se enrolar num romance problemático e que só trará desprazer e infelicidade.

O problema da maioria das pessoas frustradas no amor é que idealizam demais. Estão ansiosas pelo par perfeito. Faz-se um projeção e procura-se alguém que se enquadra naquele modelo. Na conquista, tem pessoas que sabem se vender, constroem um belo personagem e acessam mais facilmente o coração do outro no jogo amoroso. Com o passar do tempo, a caretinha do sapo vai sendo revelada e começam os conflitos.

Sabe, o ser humano “normal” sempre traz consigo algumas características que nos desagradam. O que a gente precisa é avaliar se são defeitos toleráveis, possíveis de administrar, sublimar. Amar também é uma escolha. E quando a gente ama, a gente aceita o pacote todo.  Reconhece que as imperfeições existem. E não passa a vida frustrado porque o parceiro não é perfeito. Ele não é perfeito mesmo. E você provavelmente também não é como as princesas das quais ele ouvia contar nas histórias infantis… Nem semelhante as mulheres poderosas do cinema e da televisão.

Portanto, se dizem que “viver é aceitar-se”, viver bem no relacionamento é aceitar o outro. Ele tem defeitos. Mas talvez tenha qualidades que te façam bem (identifique-as, valorize-as). Talvez seja alguém disposto a caminhar contigo nos momentos felizes e tristes da vida.

Anúncios

5 comentários em “Ele tem defeitos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s