Persistir num sonho é fundamental para torná-lo realidade. Entretanto, ser constante não é ser burro por insistir naquilo que sabemos que vai dar errado. Não é fazer um sacrifício que vai além dos limites e que poderá trazer perdas maiores que ganhos.

Conheço um sujeito que montou uma padaria. Durante anos, a empresa deu lucro. Entretanto, nos últimos cinco anos, os negócios começaram a dar errado. Entretanto, lá está ele… Segue com fé que vai voltar a vender bem. Tudo mostra o contrário. A oferta de produtos é menor, a qualidade é duvidosa, o ambiente está um tanto sujo… Mas ele persiste. E a dívida só aumenta. Mesmo vendendo a padaria, não pagaria metade das contas.

Sei de uma moça que quer ser modelo. Ela deve estar próxima de completar 20 anos. A mãe e a filha insistem no projeto desde os 12, 13 anos. A família já gastou um dinheirão. No entanto, a moça não tem jeito pra coisa. Não adianta apostar em books, cursos… A garota pode ser qualquer coisa, mas não modelo. Ainda assim, não conseguem ver o que parece óbvio.

Precisamos sonhar. Os sonhos dão sentido à vida. Quem não tem projetos não vive. No entanto, nem tudo que a gente sonha é possível. Precisamos reconhecer nossos limites. Tem gente que adoraria ser músico, mas não tem aptidão alguma… Tem gente que gostaria de ser empresário, mas mal dá conta de administrar as próprias contas… Tem garotos que desejam ser jogadores de futebol, mas não passam de “pernas de pau”… Persistir em projetos fadados ao fracasso é perder tempo, é abrir mão de uma vida plena.

Algumas pessoas fazem grandes sacrifícios, investem tempo e dinheiro em projetos vazios. Ignoram inclusive os conselhos de amigos e familiares. É verdade que a maioria daqueles que falam com a gente mais atrapalham que ajudam. Entretanto, as críticas devem ser filtradas e alguns questionamentos podem nos conduzir à sabedoria. Às vezes, desistir nos poupa de frustrações, decepções… e prejuízos. Alguns vezes, desistir significa preservar a família, um relacionamento e até amizades. Todo projeto tem um custo, mas até que ponto vale a pena pagar o preço? Não dá para ser ingênuo… Ao ter um projeto, é necessário saber o que é prioridade. Se nossos sonhos atropelam o que é prioridade, desistir não é fracassar… Desistir é fazer a coisa certa.

Anúncios

Um comentário em “Quando é preciso desistir

  1. Preciso acreditar em meus sonhos, fazendo tudo o que me cabe para torná-los realidade. Porém existem sonhos que por um motivo ou outro não se realizam. Sonho de ser bailarina, psicóloga, enfim… Desistir de um sonho não pode me fazer sentir uma fracassada. Pelo contrário, deve me impulsionar alçar novos projetos e lutar para a concretização dos mesmos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s