Tempo para pensar

pensarNão apenas para pensar, mas também para acalmar. Um dos erros de muitos casais é tentar resolver tudo na hora. Acontece um descompasso, uma briga e já tentam resolver. Se estiverem de cabeça quente, a chance de se magoarem aumenta muito.

Eu defendo que nada deve ser silenciado. Se o casal teve um problema, precisa conversar, dialogar. Entretanto, quando se está muito irritado, não é possível ter um diálogo.

Diálogo é quando a gente consegue falar, mas, principalmente, ouvir. E isso… no tom de voz natural.

Tem casais que, após um mal entendido, não dão conta desse tipo de comportamento. Ficam estressados e, ao insistirem em conversarem, vão perdendo o controle das emoções. Em pouco tempo, até coisas do passado voltam à pauta e atravessam esse novo momento. Vira uma confusão. Logo estão gritando. Pra voltarem ao normal, dá muito mais trabalho.

Por isso, entendo que faz bem esfriar a cabeça. Não é uma regra sem exceções, claro. Não precisa valer para todas as situações. Entretanto, é uma coisa um tanto óbvia. Muita gente negligencia essa “estratégia”. Prefere continuar ali… insistindo. Não dá. Tem que parar. Se a confusão for cara a cara (estiverem juntos), vale dizer:

– Vamos continuar essa conversa daqui a pouco?

E aí dá uma saidinha, ouve uma música, assiste um programa na tevê… Quem sabe, faz uma caminhada, dá uma volta de bicicleta. Mas… separados. Se o descompasso for por telefone, também vale agir da mesma maneira. Claro, o outro precisa entender, respeitar; o outro deve compreender que a atitude visa preservar o casal. Não é uma fuga. Apenas uma maneira de esperar o momento certo pra conversarem. Por isso, tem que ser algo já acordado previamente entre o casal. Tem que estar combinado. Detalhe, também não é pra guardar, fazer outras coisas juntos e retomar. Isso não funciona. Vai ficar incomodando, distanciando. Como você vai sair pra jantar com a pessoa amada se está com um problema? Ninguém vai curtir, se divertir. O “tempo pra pensar” é pra esfriar, acalmar… retomar onde pararam, mas com equilíbrio emocional.

Saber esperar, respeitar o tempo do outro para colocar as ideias no lugar é saber preservar o relacionamento, evitar mágoas e garantir uma vida feliz para o casal.

Anúncios

2 comentários em “Tempo para pensar

  1. Sábias palavras Ronaldo. O calor do momento estraga muito o relacionamento… Se todos conseguissem o melhor mesmo seria dar esse precioso tempo e depois..colocar tudo em pratos limpos pra resolver o que incomoda..

    Gostei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s