Filhos autônomos

filhos
O desenvolvimento dos filhos depende de vários fatores. Entretanto, todos eles passam pelos pais. Pequenas atitudes podem fazer toda diferença.

Uma das coisas que mais incomoda, especialmente os adolescentes, é a ação deliberada dos pais de tentar resolver a vida deles. Superprotetores, não confiam na educação que deram para os baixinhos e os expõem ao ridículo.

Costumo dizer que autonomia se aprende em casa. Crianças que recebem tudo nas mãos, que ouvem dos “educadores” todas as orientações do dia a dia (até para escovar os dentes) ou que os pais “resolvem” até as briguinhas da escola… Crianças assim não crescem. Tornam-se mimadas e dependentes.

Lembro que, quando fui para escola, meu pai me disse:

– Se brigar na escola, bater ou apanhar, apanha de novo quando chegar em casa.

Nunca esqueci. Nunca bati ou apanhei. Embora não recomende o discurso do meu pai, eu entendi o recado: eu tinha que saber me virar na escola. Estaria lidando com colegas da minha idade. Eu tinha capacidade de ter o mínimo controle da minha vida.

Entretanto, uma vez, uma única vez, fui esquecido pela “merendeira”. Ela não me viu. Não colocou comida no meu prato. Eu falei com ele. E meu pai foi à escola reclamar. Foi o maior mico da minha vida. Acabei sendo ridicularizado depois por aquela senhora.

Sabe, essas histórias me fazem pensar que os pais devem educar seus filhos, orientá-los, mas permitir que sejam autônomos. A gente até quer proteger, evitar que sofram ou resolver as coisas para nossas “crianças”. Mas se a gente interfere, eles não crescem. Proteção demais reprime, oprime, sufoca. E aí, na primeira oportunidade que tiverem, vão querer se livrar de nós. Pior, farão isso imaturos e vão sofrer muito mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s