Relacionamentos estão fadados ao fracasso

casal_fracasso

Ninguém dá conta de ser feliz o tempo todo no relacionamento. As exigências, as motivações e desejos individuais atravessam o romance. Somos complexos demais. E fazer dar certo já é difícil pela própria natureza humana.

Entretanto, para dar certo, é preciso querer fazer dar certo. O uso dos três verbos não é exagero. Tem que querer. Tem que se dispor a fazer. Do contrário, não dá certo.

A tendência é que a gente atropele o romance. Sim, o natural é que estraguemos tudo. A tendência é dar errado. Todo mundo começa uma história de amor achando que o normal é ser feliz. Engano. Todo relacionamento está fadado ao fracasso. O sucesso do romance é uma construção, implica esforço.

O que mais a gente faz é sabotar o relacionamento. O outro está feliz da vida, e a gente chega de mau humor. O outro escreve um bilhetinho de amor, a gente diz que não entendeu a letra. O outro compra uma blusa nova, a gente diz que não gostou da cor. O outro faz um corte novo de cabelo, a gente diz que o anterior ficava melhor. O outro se dispõe a visitar a sogra, a gente reclama que chegou atrasado. O outro dá um presentinho no aniversário do primeiro beijo, a gente diz que “bom que dessa vez você lembrou, porque no mês passado esqueceu de comemorar a primeira vez que eu disse te amo”.

Ah… antes que alguém diga:

– Ei, professor, mas eu também faço um monte de coisas e ele reclama, nem reconhece…

Antes que alguém pense isso, eu explico. Minha abordagem aqui é na nossa resposta para o outro, porque o que fazemos e o outro não vê, já conhecemos muito bem. E somos capazes de enumerar. Contudo, as práticas de sabotagem ocorrem o tempo todo. Mutuamente.

O que dizer da falta de tempo pra relação? O que dizer dos “nãos” que devolvemos ao outro? O que dizer das reclamações, das críticas, dos comentários fora de hora? Ou… da falta de reconhecimento, de elogio?

E essa é a nossa atitude normal. Fazer algo pelo bem da relação é um fazer consciente. Tem dias que a gente está a fim de ficar quieto, mas o outro quer papear. E daí? Você sabota a relação ou investe nela? Se o objetivo é investir, é necessário romper com a própria vontade e atender a carência do parceiro.

O que torna esse processo mais complexo é que nenhuma das partes pode se anular. Ambos devem trabalhar na construção diária do romance. É por isso que o fracasso está dado e o sucesso é uma conquista difícil e, por vezes, dolorosa.

Quem pensa muito em si mesmo, quem não tem disposição para negociar, ceder e servir, não dá conta de construir um relacionamento feliz.

Anúncios

5 comentários em “Relacionamentos estão fadados ao fracasso

  1. isso e a vida em um casamento q caiu na rotina.se amamos nosso parceiro temos q reconquista-lo a cada dia.gosto muito dos seus texto faz nos parar pra pensar.

  2. Nossa!Quanto sabedoria reunida em um pequeno contexto…parabéns,falou tudo…encontrei esse texto quando procurava o sentindo real da frase “nosso relacionamento está fadado ao fracasso”,pois foi algo que ouvi nos últimos dias…Agora entendo o porque!!!
    Parabéns…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s