Essa tal felicidade

felicidade

Vez ou outra trombo com a palavra “felicidade”. E sempre que penso nela e no que significa, fico constrangido com a sensação de que ser feliz, hoje, é quase uma imposição social. Você nasce para ser feliz. Mas que felicidade é essa? Sinceramente, desconheço. A felicidade que dizem existir é utópica.

A gente vive sob uma ditadura. É estranho, mas todos devem ser felizes. Esse é o discurso. A felicidade parece a glória, o paraíso perdido. Porém, não passa de uma miragem.

A obrigação de ser feliz nos leva a tomar atalhos, caminhar por caminhos secundários que mais trazem problemas que prazer real. Me perdoe, mas alguém pode explicar, por exemplo, a tese da felicidade sob a perspectiva de vivê-la embalada em copos de cerveja ou no sexo fácil? Com vistas ao “destino felicidade”, chega um tempo que o que se carrega são decepções e culpas.

Tudo bem, talvez eu esteja sendo moralista demais. E nem sou exemplo de nada pra falar sobre isso.

A obrigação de ser feliz tira o foco do prazer de viver. E não raras vezes leva-nos para um quadro oposto: tristeza, melancolia, vazio existencial. Curiosamente, quando viajamos por nossas lembranças, encontramos nas experiências mais simples os dias mais felizes de nossa vida. Uma brincadeira no parque, algumas horinhas no colo do pai, um feriado em que todos os primos se reuniram e brincaram pra valer…

O mundo que impõe a obrigação de ser feliz é o mesmo que parece vender pílulas de felicidade. A felicidade parece possível na fama, na boa vida, no bom emprego, no consumo, na beleza, nos prazeres do sexo… Tornamo-nos reféns, iludidos por promessas que não se cumprem. Ocupamos nossos dias com a busca da felicidade e deixamos a vida passar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s