Desapegar-se do que não faz bem

emocoes

Ninguém dá conta de estar todos os dias bem. E muitas vezes a origem da tristeza, desânimo, mal estar nem sempre tem uma explicação muito lógica. Tipo “briguei com o marido” ou “o chefe mandou refazer o relatório”, ou ainda “a empresa está demitindo 20 funcionários e acho que estou na lista”.

Os pesquisadores da memória apontam que o humor pode ser afetado por pequenos “gatilhos” que alteram nosso comportamento, mexem com nossas emoções (algo como “deitamos bem e acordamos mal”). Pode ser uma música que ouvimos, uma notícia… Um cheiro, um gosto… Até mesmo um sonho abre uma janela de memória que traz sentimentos ruins, preocupações. O dia está lindo, céu azul, sol brilhando… Mas afundamos. Pois é. Isso acontece e nem sempre dá pra controlar.

Ter um dia ruim, daqueles que a gente afunda, não quer fazer nada… é ser humano. Não é frescura, não é manha, nem infantilidade. Faz parte de nós. Por situações que nem sempre entendemos, ficamos mal. E temos que lidar com isso.

O que não dá é viver essa realidade um dia após o outro. Se o humor vive oscilando, alguma coisa está errada. Tem algo ruim acontecendo com a gente. Nesses casos, a primeira atitude é se observar, tentar identificar o que está provocando tristeza, desânimo e até vontade de morrer. É necessário se conhecer, mapear as próprias emoções…

Embora seja necessário fazer uma viagem para dentro de si e estabelecer um olhar atento para a vida, quase sempre o que dispara essa negatividade pode ser reconhecido. E se reconhecido, torna-se fundamental promover o enfrentamento do problema. Se de ordem psicológica (uma depressão, ansiedade etc), muitas vezes, precisamos de ajuda profissional; se de ordem pessoal, cabe à pessoa tentar solucionar o problema, mudar o ambiente e, muitas vezes, abrir mão de um emprego, do relacionamento… Enfim, do que faz mal.

Viver também é saber desapegar-se do que não nos faz bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s