O mundo não para enquanto sofremos

viverbem
A gente vive esbarrando nas dificuldades da vida e, pela própria necessidade de sobreviver, criam-se estratégias para dar conta de cada novo desafio.

Nossa história, a maneira como fomos preparados para lidar com os problemas, acaba afetando nosso modo de agir. E é curioso como cada um tem sua própria maneira de reagir.

Acontece que nem sempre é a ideal. É verdade que não existe um método, um jeito certo. Porém, podemos dizer qual é o jeito errado.

Uma das estratégias mais desastrosas é seguir adiando o enfrentamento do problema. Não raras vezes, a gente fica tentando se enganar. Achando que, por um milagre, as coisas vão se resolver.

Além disso, outras coisas que fazem parte do nosso universo também vão sendo afetadas. O trabalho fica comprometido, os estudos, os relacionamentos… E um problema gera outros problemas. Eles se avolumam… E a pessoa se vê obrigada a ir negociando cada situação. Tem um relatório pra entregar? Pede novo prazo. Tem prova na faculdade? Deixa pra fazer segunda chamada. As férias prometidas com a família? Ficam para o mês que vem…

Enquanto isso, a vida deixa de ser vivida. O problema segue ali… E as pressões aumentam. Inclusive emocionais. Isso porque é natural a gente se cobrar. E se preocupar com o que está por fazer.

E então, o que fazer? A primeira coisa é tentar resolver o primeiro problema – o “original”, aquele que está destruindo você. Se não for possível, o segundo passo é admitir que terá prejuízos por não dar conta “neste momento” de enfrentar a situação. E, a partir disso, assumir que não está bem, inclusive para as pessoas no seu entorno, e não ficar negociando novos prazos para as demais coisas que envolvem o dia a dia.

Afinal, seguir em frente não é protelar problemas. Seguir em frente é cuidar da sua vida, das suas emoções… É assumir as perdas geradas pelos momentos de crise e tentar entender que o mundo tem sua própria dinâmica e, infelizmente, não vai esperar você ficar bem. O relógio não para… A cada novo dia, com sol ou com chuva, haverá um amanhecer. Portanto, não há como fazer o universo te esperar. Quando a tempestade passar, você se coloca de pé e tenta recomeçar.

Anúncios

6 comentários em “O mundo não para enquanto sofremos

  1. Grande verdade,tudo vai se avolumando quando enfrentamos esta situação,que fica dificil priorizar o que é mais importante ,quanto mais deixar um comentario satisfatorio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s