Solidão no casamento

solidao_intimidade

A solidão é um dos males da modernidade. Estamos próximos, porém… distantes. Sabe o que é mais dolorido? Isso também acontece no relacionamento. Você divide a mesa, o sofá, a cama, mas não tem com quem dividir o coração. Não significa que a outra pessoa não esteja lá. Apenas não existe intimidade para isso.

Essa é uma das barreiras mais difíceis de transpor no relacionamento. Porque distancia as pessoas. E o que é mais assustador é que às vezes a companhia do outro faz bem, mas ainda assim a pessoa se sente sozinha.

Gente que está sozinha, mesmo tendo um casamento, não consegue ser plenamente feliz. Não dá. A pessoa olha do lado, sorri para o parceiro, escuta as conversas, participa delas, até fala sobre o dia de trabalho, faz planos para as férias… mas tem algo estranho lá dentro do coração. Há um vazio, uma carência…

Gente que se sente assim geralmente destina suas energias a inúmeras atividades e ocupa a mente com trabalho, com estudos, com diferentes projetos. O outro não participa, apenas assiste tudo. Talvez também tenha seus planos, seus sonhos… Muitas vezes até existe certa sintonia na cama, podem passar anos e anos juntos… Até envelhecem juntos. Porém, mesmo quando dão as mãos, a mente divaga por pensamentos, por sonhos que não parecem próprios para serem partilhados.

Teme-se ser censurado, teme-se não ser compreendido… Ou simplesmente, nota-se que o outro não vai se empolgar, participar, incentivar. Do outro lado, também há alguém triste porque a sua solidão afasta o parceiro, lhe parece impossível fazer parte de sua vida. O outro percebe, repara e, por vezes, sente-se inútil no relacionamento.

Quando alguém está solitário dentro do relacionamento é porque a intimidade foi embora. Ou nunca foi desenvolvida de fato. E intimidade não é apenas entre quatro paredes. É o ato de “sentir-se em casa” com o outro. Não ter vergonha de dizer “estou com medo”, “não gosto disso”, “você me magoou”… Ter intimidade é sonhar juntos, é ter no outro cumplicidade e incentivo em cada projeto. Ter intimidade é não ter receio de dizer algo, não ter vergonha de se expor…

Entretanto, nem sempre isso é possível. E por isso a solidão se instala. Vive-se junto, mas com a alma solitária. Como mudar? A resposta só pode ser encontrada por casais que querem preservar o relacionamento e que estão dispostos a redescobrir um ao outro. Sim, porque a redescoberta implica reconhecer, primeiro, que o seu parceiro pode não passar de um estranho.

20 comentários em “Solidão no casamento

  1. A gente tem experiencias. Isso faz davgente expert em alguns assuntos. Nao se é esse teu caso mas é como se eu tivesse escrito… A conclusão é fantastica porque com certeza o outro ja nao será o.mesmo. E será e da coragem de enfrentar o desconhecido? Fica a dica. Eu aceitaria essa nova pessoa? Abraço!!! Pode continuar. Vc é bom nisso.

    Curtir

      1. Mas o parceiro não tem interesse em escutar…fica dificil…estou levando, ainda…não sei até quando

        Curtir

  2. Parece que agora descobri que em todo o tempo de casada fui humilhada,porque não tenho auto estima boa,não faço mais nada que eu quero,não falo com ninguém,não visto a roupa que quero, faço tudo que ele quer,sou uma pessoa triste e
    solitária

    Curtir

    1. ue triste perder a propria identidade em favor de uma relação desigual…
      pelo que vejo, este post que é de 2014, está cada dia mais atual.
      Uma pena

      Curtir

  3. É eu vivo este momento.Sou casado a 44 anos eu e minha mulher é como não estivesse ninguem dentro de casa,parecemos amigos pois nem contato tem.Grato.

    Curtir

  4. Também estou vivendo essa situação com meu esposo! Somos casados há quase 7 anos, mas de relacionamento 10 anos! Tenho 35 e ele 33, e estamos perdendo essa intimidade, prq na verdade quase não consigo conversar com ele! Ele fica muito no celular… Só enxerga as coisas que eu não faço!!! E, parece que exalta ou desperta em mim tudo que é mais negativo, e com isso minha auto estima está lá em baixo!!! De uns anos para cá estou percebendo isso, claro que quando começamos as coisas eram muito diferente, e pelo contrário ele exalta e admirava tudo o que era bom em mim! Ele é um ótimo pai, para o nosso filho de 2 anos e 4 meses… E uma boa pessoa! Mas, ultimamente… Estamos muito distantes!

    Curtir

  5. Eu percebi a mudança no meu parceiro desde o noivado, infelizmente fui a frente, depois do casamento a coisa piorou e agora que estou esperando um filho dele, quase nem nos falamos e quando vou tentar falar, ele me trata mal,minha vida se resume ao quarto solitária !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s