Na segunda, uma música

A administração do tempo talvez seja um dos temas que mais me incomodam. Afinal, sou uma dessas pessoas que brigam com o relógio… E ainda assim, parece que sempre fica alguma coisa para o dia seguinte.

Eu busco tempo para tantas coisas
São tantos planos para pouco tempo

Um dos grandes dilemas é que, sem tempo pra gente, falta tempo pra viver. Viver a família, viver os amigos… E fazer coisas que estimulam a criatividade, que desenvolvam a espiritualidade.

Não tenho tempo para descansar
Rever amigos e conversar
Já não consigo me assentar a mesa
E alimentar o que a alma almeja

Se falta tempo, de que vale a vida? Qual o sentido em fazer tanto, se nada do que se faz preenche o vazio do coração?

De que vale a um homem
A qualquer homem
Ganhar o mundo inteiro
E por inteiro se perder

Ainda hoje conversava com uma nutricionista. Ela fez essa reflexão e, pra ter tempo para a família, abriu mão de um emprego estável num grande hospital da cidade. Está ganhando menos, mas é dona do seu tempo.

A música desta segunda-feira propõe essa reflexão. Paulo César Baruk é um dos grandes talentos da música gospel nacional. Dono de uma voz agradável, o cantor e compositor transita bem por diferentes gêneros. E com a canção “Senhor do tempo” dá um recado especial a todos nós. E nem precisa ser cristão para pensar no quanto abrimos mão do essencial da vida por coisas que nem sempre deveriam fazer parte de nossa agenda.

E então, vamos ouvi-lo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s