O amor não deve ser triste

amar_triste
O amor nada tem a ver com sofrimento e dor. Amar não é tudo aceitar. É verdade que quem ama, tolera, suporta, espera. Porém, amar não é se negar. Quem aceita viver um relacionamento que agride as emoções, destrói a autoestima. Quem pensa que isso é amor, deve rever seus conceitos.

Um relacionamento tem momentos de dor e lágrimas, mas não consiste em uma vida de sofrimento. Não se pode confundir a dor que é produzida pela introdução de mudanças em nossas vidas, como aquelas provocadas por um problema inesperado ou uma perda indesejada, com a dor de um relacionamento destrutivo. Uma relação amorosa deve nos fazer bem, nos estimular… Porque amar é ter com quem compartilhar a vida, é ter com quem caminhar.

Por isso, se o relacionamento está provocando angústia, ansiedade, medo, insegurança etc, tem alguma coisa errado. Esses sentimentos indicam que é o momento de fazer mudanças. E as mudanças podem ser de lugar, da forma de agir e pensar… E até de pessoa.

O que não podemos é aceitar a dor como algo normal.

Não estar atento aos sinais e continuar fazendo as coisas da mesma maneira traz consigo ainda mais sofrimento e o aparecimento de feridas profundas que acabarão provocando danos psíquicos e até na saúde física, que, por fim, necessitarão de uma intervenção profissional.

Anúncios