Conheça alguns sinais de que o amor está esfriando

???????????????????????

A vida a dois tem altos e baixos. Entretanto, muitos casais não percebem os sinais do distanciamento e, quando se dão conta, já não sentem prazer algum no relacionamento. Por isso, penso que vale a pena vez ou outra gastar um tempinho e avaliar a qualidade do romance. Não se trata apenas de verificar se andam brigando demais. É fundamental notar se o amor não está esfriando. E algumas situações indicam que é preciso voltar a investir na relação.

Um de meus textos mais lidos trata de um ato aparentemente simples: andar de mãos dadas. Pois é… Trata-se de um comportamento singelo e que faz toda diferença. Eu costumo dizer que andar de mãos dadas sinaliza que o amor ainda está ali, que o outro ainda faz a diferença na vida da gente. Por isso, quando um casal já deixou de andar de mãos dadas, quando não se tocam mais enquanto caminham, algo não vai bem.

Outro indício é a ausência de ligações, mensagens, bilhetes… Nos primeiros meses do relacionamento, falamos com a pessoa amada sem nenhuma razão aparente. Apenas pelo prazer de falar com o outro. A gente liga para saber como está, se dormiu bem, se vez uma boa viagem… Manda recadinho desejando boa sorte na apresentação da faculdade, na reunião do trabalho… Porém, quando o amor começa a esfriar, esses gestos também vão ficando no passado.

Por que gente casada não se beija na boca? Não estou falando de selinhos (embora eles sejam importantes). Falo daqueles beijões… Daqueles que arrepiam. E estou falando desses beijos não apenas na hora do sexo.

Outro indício de que a rotina já consumiu o casal é a pouca disposição para sair juntos. Quando a gente está apaixonado, até uma ida à padaria se torna um acontecimento.

O amor também está em crise naqueles casais que não conseguem mais conversar sem brigar. As brigas são naturais na convivência a dois. Porém, quando o casal já não consegue ficar sem discutir, a chama do amor está apagando.

Quando o amor está em alta, basta um olhar e já é possível saber o que o parceiro está pensando. Se o amor está em crise, não somente diminuem os olhares, como o casal também deixa de entender a linguagem dos olhos.

Um dos indícios mais significativos de que o relacionamento está em xeque é quando o desejo se esfria e não há mais prazer na companhia do outro. Quando a gente ama, quer estar perto, sentir, tocar, ouvir… Se não faz diferença estar com a pessoa amada ou, pior, se o tempo juntos se torna um martírio, a separação ou traição são os passos seguintes.

Portanto, se você, caríssimo leitor, caríssima leitora, nota no seu relacionamento alguns desses sintomas, sugiro que trabalhe para reavivar o amor. Nunca é simples, reconheço. Porém, com fé, carinho, dedicação, paciência e perseverança, é possível voltar a viver o melhor do romance.

Anúncios